Ultimas noticias

6/recent/ticker-posts
Aqui a notícia é prioridade


AKIAGORA

CLIQUE E VISITE NOSSOS PARCEIROS


AKIAGORA

AKIAGORA



AKIAGORA

Estudantes demonstram mais confiança para segundo dia de prova

 (À esquerda, Rayane Soares, que fez a prova do Enem para Direito. À direita, José Pedro Oliveira, que fez para Educação Física.)
À esquerda, Rayane Soares, que fez a prova do Enem para Direito. À direita, José Pedro Oliveira, que fez para Educação Física.
Este domingo foi o segundo e último dia da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que compreende 45 questões de ciências da natureza (biologia, química e física) e 45 de matemática (45 questões). Um dos prédios reservados para a realização da avaliação foi a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), que abriu seus portões às 12 horas e fechou às 13h. Num desses portões, marcou presença o grupo Força Jovem Universal, que realiza suas atividades durante todo o ano e, mais uma vez, deu apoio e motivação aos estudantes que chegaram para fazer a prova. 

"Nós somos um projeto composto por jovens que já fizeram a prova do ENEM e fomos abordados com uma motivação como essa por parte de um outro grupo e estamos aqui justamente para fazer o mesmo. Muitos passaram por momentos difíceis, com ansiedade e depressão, porque é realmente uma pressão muito grande, mas a gente vem para passar essa mensagem de calma e motivação, que num momento assim faz toda a diferença", explicou Everton Hakkiney, um dos organizadores do projeto. 
 (Em primeiro plano, Everton Hakkiney, um dos organizadores do projeto Força Jovens Universal. )
Em primeiro plano, Everton Hakkiney, um dos organizadores do projeto Força Jovens Universal.
Apesar da pressão da prova, muitos estudantes demonstraram confiança com o segundo dia. "Estou fazendo o Enem para Medicina e achei o primeiro dia da prova muito cansativo e fiquei bem nervosa, mas mesmo assim acho que me saí bem. Tenho a sensação de que o resultado dessa vai ser bem melhor e estou mais tranquila também", comentou Glaycilene Santos, que fez o ensino médio no Colégio Nova Olinda, em Olinda. 

Rayane Soares, que já está na graduação de Artes Artes Visuais da Universidade Federal de Pernambuco, já tem uma longa experiência com o Enem. "Estou fazendo a prova pela quarta vez e agora para o curso de Direito. Acho que fui bem na primeira prova, sinto que consegui desenvolver bem o tema da redação, e, ao final, estou bem confiante com essa segunda prova", afirmou.

Acho que um diferencial dessas provas desse ano é que, no ano passado, com a pandemia, todos estávamos ainda mais nervosos do que o normal e tudo agora está transcorrendo melhor. Com todas as dificuldades normais, estou com a expectativa boa para esse segundo dia", comentou José Pedro Oliveira, que está fazendo o Enem pela segunda vez.

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários