---------------------------------------------------------

*******Clique na imagem e visite nossos parceiros em 2018*******

Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Vem pra cá e saia montado.

Calendário PIS-Pasep 2018-2019: pagamento de abono salarial para nascidos em janeiro e fevereiro liberado.

12:00 0 Comments


Estimativa do governo é que mais de R$ 2,8 bilhões sejam pagos a 3,4 milhões de trabalhadores. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição até 28 de junho.

Começa a ser pago nesta quinta-feira (17) o abono salarial PIS do calendário 2018-2019, ano-base 2017, para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em janeiro e fevereiro. O PIS é pago na Caixa Econômica Federal.

Também será liberado o Pasep, que é pago para servidores públicos por meio do Banco do Brasil, para quem tem final da inscrição 5.

A estimativa da Secretaria do Trabalho, do Ministério da Economia, é que mais de R$ 2,8 bilhões sejam pagos a aproximadamente 3,4 milhões de trabalhadores.

De acordo com o calendário, os nascidos entre janeiro e junho receberão o PIS no 1º trimestre. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 28 de junho, prazo final para o recebimento.

O valor do abono varia de R$ 83 a R$ 998, dependendo do tempo em que a pessoa trabalhou formalmente em 2017.

Quem tem direito

Tem direito ao abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2017. É preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), ano-base 2017.

Trabalhadores da iniciativa privada retiram o dinheiro na Caixa Econômica Federal, e os servidores públicos, no Banco do Brasil. É preciso apresentar um documento de identificação e o número do PIS/Pasep.

No caso do PIS, para quem é correntista da Caixa, o pagamento é feito 2 dias antes do restante dos outros trabalhadores. Já no caso do Pasep, o crédito em conta para correntistas do Banco do Brasil será efetuado a partir do 3º dia útil anterior ao início de cada período de pagamento.

Valor depende dos meses trabalhados

O valor do abono é associado ao número de meses trabalhados no exercício anterior. Portanto, quem trabalhou um mês no ano-base 2017 receberá 1/12 do salário mínimo. Quem trabalhou 2 meses receberá 2/12 e assim por diante. Só receberá o valor total quem trabalhou o ano-base 2017 completo.

Por exemplo, se o período trabalhado foi de 12 meses, vai receber o valor integral do benefício, que é de um salário mínimo (R$ 998). Se trabalhou por apenas um mês, vai receber o equivalente a 1/12 do salário (R$ 83), e assim sucessivamente.

Rendimentos do PIS

De acordo com a Caixa, quando o saque do PIS não é efetuado, o valor é incorporado ao saldo de quotas. Ao final do exercício financeiro (28 de junho), após a atualização do saldo, os rendimentos são disponibilizados para saque no novo calendário. Os rendimentos variam conforme o saldo existente na conta do PIS vinculada ao trabalhador.

Para saber se tem direito e como sacar

Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.
Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode fazer uma consulta ainda no site www.caixa.gov.br/PIS, em Consultar Pagamento. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.

Correios precisa de 20 mil servidores; concurso é aguardado para 2019

11:55 0 Comments


Com uma defasagem que já atinge mais de 20 mil postos vagos, os Correios (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) precisa urgentemente realizar um novo concurso em 2019. Se isto não acontecer, há grandes chandes de a empresa entrar em colapso e as entregas serem interrompidas, ainda mais porque a previsão é de muitas aposentadorias nos próximos meses, o que agravará a carência de profissionais.

Como os Correios é uma empresa pública federal, não fazendo parte dos órgãos do Poder Executivo, ela não depende necessariamente de uma autorização por parte do Governo para realizar concursos, mas ao menos de um aceno sobre as possibilidades orçamentárias para a contratação dos aprovados. E os sindicatos das categorias têm cobrado esse aval com veemência.

No final de junho de 2018, a FENTECT (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares) participou de audiência pública realizada na Câmara dos Deputados para debater a demissão de funcionários e o fechamento das agências da ECT. O representante da Federação reafirmou a defesa da manutenção de um Correios com gestão pública e lembrou que está em curso na empresa o sucateamento, que ameaça a prestação dos serviços principalmente em cidades menores. “O que se subentende da direção dos Correios é que, se a agência de uma determinada cidade não dá lucros, então sua população não merece ter acesso aos seus serviços”, disse.

Ainda segundo o sindicato, está previsto o fechamento de mais de 500 agências em todo o território nacional, medida que gera uma sobrecarga maior de trabalho aos atuais servidores. Tanto é que, em março de 2018, eles anunciaram greve por tempo indeterminado. De acordo com a FENTECT, a mobilização se deu em favor da contratação de novos funcionários via concurso público, a segurança nos Correios e o fim dos planos de demissão.

Restituição do Imposto de Renda começa a pagar hoje R$ 667 milhões

09:57 0 Comments

Contribuintes contemplados no lote de restituição residual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física dos exercícios de 2008 a 2018 recebem hoje (15) o crédito bancário. São 257.094 contribuintes que receberão R$ 667 milhões.

Desse total, R$ 268,9 milhões são para contribuintes com preferência para o recebimento: 7.677 idosos acima de 80 anos, 45.899 contribuintes entre 60 e 79 anos, 5.487 pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 20.742 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.
Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone 146.
Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, com entrega de declaração retificadora.
A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do Imposto de Renda Pessoa Física – IRPF – e situação no Cadastro de Pessoa Física – CPF.
A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.
Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Bolsonaro quer desenterrar proposta que aumenta limite da CNH a 40 pontos

11:06 0 Comments

Mal assumiu o governo e Jair Bolsonaro quer mexer com pontos importantes do CTB (Código de Trânsito Brasileiro).
Depois de anunciar via Twitter que pretende ampliar de cinco para 10 anos a validade da CNH, o novo presidente do Brasil quer agora dobrar o limite de pontos que provoca a suspensão da carteira de habilitação.
Atualmente o motorista que acumula 20 pontos em infrações no intervalo de um ano tem o documento suspenso por um período entre seis meses e um ano. Bolsonaro deseja aumentar esse teto para 40 pontos.
Segundo o Jornal da Band, o presidente discutiu a possibilidade com o governador do estado de São Paulo, João Doria, em reunião na última quinta-feira (10). Também afirmou que deve revogar a obrigatoriedade do farol baixo em estradas e rodovias.
Doria teria se posicionado favorável às duas medidas.
Interessante observar que em 2011 o ainda deputado federal Jair Bolsonaro, à época do PP-RJ, já havia apresentado o projeto de lei 367/11, que visava justamente a aumentar o limite da CNH para 40 pontos acumulados em 12 meses.
Naquele momento, o então deputado argumentou que a medida reduziria os prejuízos aos condutores que precisam da habilitação para trabalhar ou transportar familiares”. “Em que pese a boa intenção do legislador, na prática, o que vale é arrecadar. Assim, fica combinado: eles multam à vontade, mas não tiram a CNH dos cidadãos de bem”, discursou durante a apresentação do projeto.
Entretanto, a proposta não foi analisada por nenhuma comissão da Câmara e acabou arquivada. Em 2015, Bolsonaro solicitou o seu desarquivamento, mas o pedido foi negado.
Vale lembrar que outro projeto, 1428/99, estipula limite de 30 pontos para a CNH de qualquer motorista. Este foi aprovado pela Câmara dos Deputados em junho do ano passado e agora precisa ser analisado pelo Senado. O PL de Bolsonaro chegou a ser apensado a ele, mas já foi desvinculado.
Outra curiosidade: a favor da mudança, Doria teve sua CNH suspensa em 2017, quando ainda era prefeito de São Paulo capital, exatamente por extrapolar o limite de pontos. O então prefeito acumulou diversas infrações por excesso de velocidade e precisou passar pelo curso de reciclagem do Detran-SP para reaver o direito de dirigir.

Os concursos públicos mais procurados e cobiçados para 2019

10:46 0 Comments

Para os concurseiros preocupados com as medidas do novo governo do presidente Jair Bolsonaro sobre cargos públicos, terceirizações e privatizações, especialistas da área pedem calma e mantém visão otimista para 2019.
Com a saída do Brasil da crise econômica e a necessidade de reequilibrar as contas públicas, Victor Maia, CEO da EduQC, acredita que o governo segure a abertura de concursos no primeiro semestre, principalmente em empresas estatais.
No entanto, após esse momento inicial, ele prevê que um futuro forte para as carreiras públicas. “Para a preparação dos candidatos, manteria o foco nos concursos estaduais agora. Ano que vem deve ser bom para os concursos federais, que geralmente ganham maior atenção”, comenta.
Para a diretora de Cursos Preparatórios na Damásio Educacional, Vanessa Pancioni, o quadro do governo está com carência de pessoas e uma urgência para preencher cargos. “Mesmo sem a criação de novos cargos, há uma demanda de pessoas que se aposentam e se exoneram. O aparelhamento do estado não pode deixar de existir”, diz ela.
Este ano, a diretora espera que os concursos fiquem concentrados em áreas priorizadas pelo governo, como a segurança pública e fiscalização.
Sobre a terceirização, os dois não preocupam muito, lembrando que o ingresso ao cargo público por meio de concurso está assegurado na constituição.
“Não vão terceirizar a Receita Federal, por exemplo. O Estado precisa manter controle do efetivo do órgão responsável pela arrecadação do dinheiro”, concorda Viviane Rocha, professora da Central de Concursos.
Segundo ela, o momento do governo pode ser de enxugamento da máquina, mas com a saída e aposentadoria de funcionários com idade avançada, ainda haverá uma recolocação para essas vagas em breve.
Para quem estava esperando os concursos do IBGE e do Banco Central, uma má notícia: já foi anunciado que os editais não serão publicados em 2019.
Outro concurso esperado, para auditores no Ministério do Trabalho, deixa dúvida entre os especialistas, que aguardam a integração das funções da pasta, extinta no primeiro dia de governo, aos outros ministérios.
“Eram 2.600 vagas e o pedido já estava tramitando. Pode mudar, mas a verba já estava destinada. Usar ou não será uma conveniência de quem governa para as áreas que considera relevantes, como a fiscalização”, comenta Vanessa Pancioni.
Confira quais serão os concursos públicos mais importantes que devem acontecer este ano:

Receita Federal

O concurso não é esperado somente pela possibilidade de muitas vagas – mais de 2 mil – e por ser de âmbito nacional. A Receita Federal não abre a seleção para vagas há mais de cinco anos e precisa de novo efetivo para executar suas atribuições. Outro atrativo é o baixo requisito para ingresso, uma vez que o concurso aceita qualquer curso para altos salários. Auditores têm remuneração acima de 20 mil reais e analistas, de R$ 11 mil.

INSS

Em janeiro de 2015, o concurso do INSS foi o que mais chamou atenção, pois teve um milhão de inscritos. Segundo a diretora da Damásio, ele tem requisito baixo e aceita profissional com formação de nível médio. Os salários também são desproporcionais a escolaridade exigida, sendo até três vezes maiores do que na iniciativa privada. Um analista ganha R$ 7.659,87 e técnicos recebem R$ 5.186,79. Também há um destaque para o número elevado de vagas, com previsão de 7.888 postos.

Detran

Em São Paulo e no Espírito Santo, os editais para o Detran, com banca já escolhida, devem ser publicados em breve. O concurso em São Paulo era previsto para janeiro, porém o novo governador João Doria (PSDB) segurou sua publicação. Também foi solicitada a abertura de concurso para o Detran de Tocantins.

Depen

Entre as áreas prioritárias para o governo, o Departamento Penitenciário Nacional também tem um concurso pendente e muito aguardado, com mais de 1.400 vagas de agente federal e salários que podem chegar até 10 mil reais.

Polícia Civil

Com a possibilidade de abertura de 2.100 vagas e salários acima de 8 mil reais, o concurso para a polícia civil do Distrito Federal pode chamar atenção dos concurseiros. No Ceará, Rio Grande do Norte, Amazonas, Paraná e Rio de Janeiro, também serão realizados concursos com remuneração variando entre 12 a 18 mil reais.

Tribunais de Justiça

Com altas remunerações para magistratura, chegando até a 28 mil reais, os TJ de Acre, Alagoas, Goiás, Pará, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Rondônia devem realizar concursos este ano.

Defensorias públicas

Também com altos salários (entre 20 e 27 mil reais), os concursos para o Distrito Federal e os estados de São Paulo, Goiás, Minas Gerais e Tocantins estão no radar.

Secretaria da Fazenda

Na esfera estadual, cargos na área fiscal oferecem altos salários iniciais. No Distrito Federal, a banca já foi escolhida e serão 120 vagas para salário em torno de 14 mil reais. A Secretaria da Fazenda do Acre abrirá 144 vagas para remunerações de R$ 16.951,99. As secretarias de Alagoas, Bahia, Sergipe e Roraima também podem realizar concursos.

Tribunais de Conta

Quatro tribunais de conta, do Distrito Federal, Rondônia, Alagoas e do município de São Paulo, já têm pedidos de concurso encaminhados. Eles não têm volumes altos de vagas, mas ainda possuem salários atrativos, podendo chegar até 27 mil reais.

Polícia apreende 5 toneladas de explosivos que seriam usados em ataques

10:24 0 Comments

FORTALEZA - A polícia apreendeu cerca de cinco toneladas de explosivos, munições calibre 12 e drogas em um depósito clandestino no bairro Jangurussu, em Fortaleza, neste sábado, 12. Cinco pessoas foram presas e um adolescente foi apreendido na operação. O grupo criminoso é suspeito de envolvimento com os atos ocorridos na capital.
No local, o secretário da Segurança Pública, André Costa, disse que o material será submetido a um cromatógrafo para confirmar a natureza da carga e identificar a relação com os artefatos utilizados nos ataques.
"Não podemos afirmar categoricamente, mas a linha de investigação toda leva a crer que seriam explosivos que poderiam ser utilizados em ações criminosas. Não podemos bater o martelo porque depende do trabalho pericial", afirmou.
Equipes da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) realizaram a apreensão dos explosivos, que é uma parte de uma carga roubada no dia 21 de dezembro. O material já vinha sendo procurado pela Polícia Civil desde o roubo.
Além do depósito clandestino, a polícia tinha mandado de apreensão em outros seis endereços suspeitos também no Jangurussu, inclusive em casas do bairro. Nos locais, foram apreendidos ainda dinheiro e munições.
O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), elogiou o trabalho das forças de segurança. "Foi mais um duro golpe contra o crime", afirmou. Segundo ele, até a tarde deste sábado, 12, 335 haviam sido capturadas por envolvimento nas ações que tiveram início em 2 de janeiro no Ceará. 

Medo toma conta o Ceará

No total, 330 suspeitos, incluindo adolescentes, foram detidos pelos crimes que estão ocorrendo no Estado desde o começo do ano.
A onda de vandalismo é liderada por facções criminosas insatisfeitas com medidas de endurecimento do sistema penitenciário local. O aumento do rigor nas prisões é defendido pelo governador Camilo Santana (PT), que ordenou até a retirada de tomadas elétricas nas celas, para evitar o uso de celulares.
Para conter o vandalismo, mais policiais foram levados às ruas. Houve escolta da PM para garantir serviços essenciais, como o transporte público e a coleta de lixo. Na madrugada deste sábado, criminosos derrubaram uma torre de transmissão de energia elétrica no Anel Viário em Maracanaú, na região metropolitana. Houve relatos de oscilação de energia em municípios como Maracanaú e Maranguape, que a Enel Distribuição Ceará nega. Na capital, uma concessionária na Avenida Washington Soares foi atingida por um artefato explosivo.
Com a gravidade da crise, o Estado recorreu ao ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro, que enviou mais de 400 agentes da Força Nacional. A chegada da tropa federal, na semana passada, reduziu o número de ocorrências, mas ainda não conseguiu acabar com elas. A rotina da quinta cidade mais populosa do País, com 2,6 milhões de habitantes, é de medo. Comerciantes da periferia de Fortaleza receberam ordens de fechar as portas mais cedo.
A circulação dos ônibus da cidade foi afetada, com corte de até 30% da frota. Estudantes e trabalhadores que têm atividades nos municípios vizinhos precisaram se reorganizar para garantir a própria segurança.
Mas não foram só os moradores que tiveram de se adaptar. Por ano, o Estado recebe 3 milhões de turistas, muitos de fora do País. Há visitantes que, com a viagem planejada há tempos, decidiram manter o passeio. Mas evitam sair à noite ou circular de ônibus e não se afastam da orla da Beira-Mar, o cartão-postal da cidade.

Pedófilo vai ser castrado quimicamente após aprovação de nova lei.

13:02 0 Comments

Recentemente, uma lei foi aprovada no Cazaquistão em que os pedófilos irão sofrer castração química como pena pelos seus atos. Está para breve o momento em que o primeiro criminoso será castrado quimicamente. O governo aprovou novas leis sobre crimes de pedofilia, e essa é uma das medidas que está gerando controvérsia
O criminoso, que não foi identificado, é da região do Turquestão. Ele receberá uma injeção que o irá castrar quimicamente, tudo isto sob a supervisão do Ministério da Saúde. Nursultan Nazarbayev, o presidente do Cazaquistão, já financiou 2000 injeções para serem utilizadas nos pedófilos condenados.

“Neste momento, houve apenas um pedido de castração química e, isso, em conexão com um pedido do tribunal,” contou Lyazzat Aktayeva, o ministro da Saúde. De acordo com o senador Byrganym Aitimova, a castração é apenas “temporária”. O objetivo é impedir que o pedófilo cometa outros crimes semelhantes.

Nesse país, os crimes contra crianças podem levar a 20 anos de prisão. Ao contrário das outras castrações, a química é apenas temporária e não é garantido que o indivíduo perda o desejo para sempre.

Controvérsia sobre a castração química
Várias pessoas se perguntam se esse método temporário será eficaz, e se será realmente necessário um investimento tão grande nessas injeções. Entre 2010 e 2014, os casos de pedofilia duplicaram: 1000 por cada ano.

A castração química vai ser feita através de uma substância chamada Cyproterone. O Reino Unido também já anunciou que gostaria de fazer a castração química àqueles que fossem considerados culpados de crimes de pedofilia.

Apesar da controvérsia, vários especialistas e políticos dizem que a castração química é uma alternativa mais eficaz do que métodos de reabilitação. Durante um tempo, os criminosos não sentirão mais desejo libidinoso. As estatísticas indicam que eles ficam menos propensos a cometer outras agressões.

O que você acha sobre o assunto? Compartilhe a sua opinião connosco nos comentários!

Prefeitura divulga programação oficial da Festa de Reis em Gravatá

12:53 0 Comments

A tradicional festa de Reis de Gravatá será realizada neste final de semana e conta com programação religiosa e apresentações culturais com artistas regionais e locais. Os shows acontecerão no domingo (13) em um palco montado ao lado da Igreja Matriz de Sant’Ana.
Os gravataenses João Lucas e Pedrinho serão responsáveis por abrir a noite de shows a partir das 20h, em seguida, às 22h, sobe ao palco o forrozeiro Geraldinho Lins e à meia noite o ex-participante do The Voice Brasil, Luan Douglas, fará sua apresentação.
A criançada vai se divertir no parque de diversões montado na Avenida Joaquim Didier. Barracas de comida estão sendo instaladas para atender o público durante os dias de festa. A estrutura também conta com segurança da Polícia Militar, Civil e Guarda Municipal.
Durante a programação religiosa, os fiéis contam com celebrações eucarísticas que estão sendo ministradas por padres e bispos convidados, grupos de louvor também estão participando do momento. As missas estão sendo realizadas durante toda a semana, na Igreja Matriz de Sant’Ana, às 19h. No domingo, haverá missas às 7h e 9h e uma procissão sairá pelas ruas da cidade em homenagem a Padroeira Sant’Ana, a partir das 17h, seguida da missa campal às 18h.

Pente-fino no INSS deve atingir mais de 2 milhões de benefícios

09:40 0 Comments

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, afirmou nesta quarta-feira (9) que o pente-fino preparado pelo novo governo deve atingir mais de 2 milhões de benefícios pagos pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) com indícios de ilicitude.
Na saída de reunião no Palácio do Planalto com o presidente Jair Bolsonaro, ele disse que a medida provisória que revê regras previdenciárias atingirá pessoas que já participam e que estão entrando no sistema e que deve ser assinada até segunda-feira (14).
"Há mais de 2 milhões de benefícios que precisam ser auditados, porque têm algum indício de ilicitude. Não significa que sejam ilícitos. Por isso, há necessidade de se fazer uma espécie de mutirão para que nós zeremos esse estoque", disse.

O secretário afirmou ainda que relatórios governamentais, convalidados pelo TCU (Tribunal de Contas da União), demonstram uma incidência de 16% a 30% de fraudes no pagamento desses benefícios. Segundo ele, a economia total que a medida pode trazer ainda não foi fechada pela equipe econômica.
Sem dar detalhes, ele disse também que a proposta fará alterações na atual legislação, com o objetivo de dar segurança jurídica à iniciativa, e que haverá mudanças também no auxílio-reclusão, o que já havia sido prometido pelo presidente.
A equipe econômica do ministro da Economia, Paulo Guedes, estuda ainda dificultar o acesso à aposentadoria para quem tem que se afastar do trabalho por motivo de saúde.
Segundo pessoas envolvidas nas discussões, está no radar um artigo para que o período de recebimento do auxílio-doença seja, na prática, descontado do tempo que se conta para ter direito a se aposentar.
Em termos técnicos, o que ocorreria seria uma mudança na forma de calcular o chamado tempo de carência: o número mínimo de meses pagos ao INSS para ter direito a benefícios, como auxílios e aposentadoria. 
▲ Ir para Topo