---------------------------------------------------------

Pesquise aqui.

***************Clique na imagem e visite os melhores do ano***************

Programação oficial do Carnaval de Gravatá 2020

22:14 0 Comments


Confira a programação completa:
Mercado Cultural
Sábado – 22/02
12h Orquestra Freviola
15h – Maurício Meneses

Domingo – 23/02

12h – Orquestra Xique e Xote
15h – Danilo Henrique e Banda
Segunda – 24/02
12h – Adriano Sena Sax
15h – Social Samba Clube

Terça – 25/02

12h – Nildo Frevo
15h – J Felipe e Mistura Brasileira

Rua do Norte

Domingo – 23/02

13h – Banda Levada do Gueto
15h30 – Silvana Salazar
Segunda – 24/02
13h – Valkíria Mendes
15h30 – Luan Douglas

Terça – 25/02

13h – Carlinhos e Wirandé
15h30 – Marreta é Massa

Encontro de Orquestra de Frevo – Pátio de Eventos Chucre Mussa Zarzar


Segunda – 24/02

9 às 12h30 – Orquestras, Nildo Frevo, Nordesax, Xique e Xote, Big Band e Frevola, Grupos de Passistas
13h – Don Tronxo e Banda
14h30 – Orquestra XV de Novembro
16h – Spok Frevo

Bairro Novo em Folia
Domingo – 01/03
13hs – Jarbas Travassos
15:30hs – Forró Pra Farrear Elétrico
Blocos e Troças Carnavalescas
Domingo – 9/02
12h – Bloco da Paz – (Rua Silva Jardim)
14h – Bloco do Cabral – (Rua Quintino Bocaiúva)
Sábado – 15/02
10h – Prévia do Zé Pereira (Rua Cleto Campelo)
22h – Baile Vermelho e Preto (Sede Social do CDG)
Domingo – 16/02
13h – Carnaval do Jura (Rua Mateus de Melo)
15h – Bloco Baby’s Folia (Praça 10)
Quarta-feira – 19/02
15:30h – Bloco Assistência em Folia (Praça da Matriz até o Pátio de Eventos)
21h – Bloco Zero Bronca (Av. Agamenon Magalhães)
Quinta-feira – 20/02
21h – Bloco das Trichas (Av. Agamenon Magalhães)
Sexta-feira – 21/02
21h – Bloco Ki língua é essa? (Av. Agamenon Magalhães)
21h – Pirata tá na rua (Bar do Pirata)
Sábado – 22/02
15h – Bloco BR em Folia (Av. Cícero Batista de Oliveira)
20h – Bloco Boto ou não boto? (Uruçu Mirim)
22h – Bloco Zé Pereira (Estação do Artesão)
Domingo (23/02)
10h – Bloco Deus ajuda quem cedo madruga (Rua Pe. Augusto Soares)
10h – Bloco Potroça (Círculo Operário)
11h – Prado em Folia (Rua do Prado)
15h30 – Bloco da Rola cansada (Av. XV de Novembro – Casa de Beto Plantas)
16h – Bloco da Madalena (Escola Gravatá)
16h – Bloco Mocidade em Folia (Sede Social do CDG)
19h – Bloco Passa o Rodo (Rua do Norte)
21h – Bloco Saudade em Folia (Sede Social do CDG)
Segunda (24/02)
9h – Bloco Sr. Barriga (Rua Miguel Gastão de Oliveira)
10h – Bloco Vem pra cachaça (Rua XV de Novembro – Bar de Chã Grande)
11h – Prado em Folia (Rua do Prado)
12h – Bloco do Ará (Estação do Artesão)
19h – Bloco do Cardeifolia (Mandacaru)
20h – Bloco Vamos para o beco (Travessa Duarte Coelho)
21h – Bloco O resto (Rua do Norte)
Terça-feira (25/02)
9h – Bloco Amante das rosas (Rua Duarte Coelho)

11h – Prado em Folia (Rua do Prado)
11h – Bloco Pega o Beco (Rua Anísio Ribeiro)
16h – Bloco Mocidade em Folia (Sede Social do CDG)
17h30 – Arrastão da Rua do Norte (Rua do Norte)
21h – Bloco Saudade em Folia (Sede Social do CDG)
Quarta-feira (26/02)
10h – Bloco Bacalhau do Bilisco (Rua do Prado)
17h – Bloco Trinca o Caneco (Praça 10)
19h – Bloco Os Destruidores (Rua XV de Novembro)
20h – Bloco DNA (Rua XV de Novembro)
Domingo (01/03)
10h – Bloco Se não aguenta, pra que veio? (Sítio Carapotós)

Rio tem a primeira morte por sarampo confirmada no estado

20:45 0 Comments
O carnaval vem ai e a prevenção é fundamental.


Secretaria estadual de Saúde informou, no fim da noite desta quinta-feira, que o Rio tem a primeira morte por sarampo confirmada no estado. 
O óbito é de um bebê de oito meses.
CAMPANHA DE VACINAÇÃO
"Muita gente só tomou uma dose da vacina. Na dúvida (se tomou ou não as duas doses), o ideal é que procure um posto de vacinação. O profissional de saúde vai poder fazer a avaliação e, na maioria dos casos, vai aplicar a vacina, porque a recomendação é que, se a gente não tem certeza ou se perdeu a caderneta de vacinação, que aplique a vacina novamente",
Para as pessoas com mais de 59 anos de idade a vacina não é recomendada, mas pode ser aplicada. Casos específicos podem ser analisados por um profissional de saúde. 
Pessoas com suspeita de sarampo, imunocomprometidas, gestantes e crianças com menos de 6 meses não devem tomar a vacina. Alérgicos a proteínas do leite de vaca têm de informar essa condição ao profissional de saúde no posto de vacinação para que recebam a dose feita sem tal componente.
A DOENÇA
O sarampo é uma doença viral grave e altamente contagiosa que pode evoluir para complicações e levar à morte. A transmissão ocorre no contato de pessoa para pessoa e pela propagação no ar.
Os primeiros sintomas são febre, tosse, coriza, como um resfriado comum. O paciente pode ter perda de apetite e apresentar conjuntivite, com olhos vermelhos, lacrimejantes e fotofobia. Surgem manchas vermelhas na pele. Essas erupções começam no rosto, na região atrás da orelha, e vão se espalhando pelo corpo. O paciente também pode sentir dor de garganta.

'Droga zumbi' é a nova versão do golpe 'Boa Noite, Cinderela'

20:38 0 Comments

Polícia investiga se grupo assaltado na Lapa pode ter sido vítima da escopolamina, substância que faz perder a consciência

As imagens das câmeras de segurança do bar onde jovens acreditam terem sido dopados na Lapa, no último fim de semana, serão solicitadas ao estabelecimento pela Polícia Civil. De acordo o delegado Geraldo Assed, da 5ª DP (Mem de Sá), onde o caso foi registrado, está sendo investigada a possibilidade de o autor do crime ter agido sozinho ou que a ação foi articulada por uma quadrilha. 
"O Boa Noite Cinderela é aplicado desde os anos 90. Este ano, porém, tem sido usado por ambulantes em blocos de Carnaval. Neste último caso, as vítimas relatam que nenhuma pessoa estranha se aproximou delas", comentou o delegado. 
A vítima, que relatou o caso em uma rede social, teve pertences roubados. Os criminosos ainda fizeram uma dívida de mais de R$2 mil com o cheque especial. O namorado da jovem também teve a carteira roubada e não descarta que tenha sido drogado com a substância escopolamina, conhecida como a 'droga zumbi' e também como burandanga. "Geralmente, nessa época de Carnaval, esses crimes aumentam. A pessoa dopada por uma bebida pode vir até a óbito", alerta o delegado. 
Após o relato da jovem do último fim de semana, muitas pessoas contaram que caíram no mesmo golpe, na Lapa. Uma enfermeira disse que estava próximo aos Arcos quando um homem jogou algo no copo dela por cima de seu ombro. "Perdi a consciência no carro. Estava acompanhada e não fui roubada. Acordei e fui trabalhar. Ainda bem que era num hospital, porque tive uma depressão respiratória". 
Burundanga é usada por criminosos na Colômbia
Algumas das vítimas na Lapa acreditam que tenham sido dopadas pela burundanga, droga conhecida nas ruas da Venezuela, Colômbia e agora também no Brasil. Ela é extraída da Daturastramonium, uma planta ornamental de flores brancas. As sementes da Datura são ricas emescopolamina, que combinada com outras substâncias, resulta no pó chamado de burundanga. A droga é usada por criminosos como forma de tornar suas vítimas totalmente indefesas.
Conforme a farmacêutica Carla Coura, diretora do Conselho Regional de Farmácia do Rio, a escopolamina é “vulgarmente conhecida como a droga zumbi” e,quando associada ao álcool, anula a vontade. Segundo ela, ao contrário dos benzodiazepínicos (fármacos que produzem efeito ansiolítico), que são de uso controlado,a escopolamina pode ser encontrada em medicamentos para cólicas vendidos livremente em farmácias. “A diferença entre o medicamento e o veneno é a dose. Quando associada ao álcool, a escopolamina tem seu efeito potencializado.Pode causar visão turva, boca seca, prisão de ventre”, explicou.
O cirurgião vascular Thiago Melo ressalta que os efeitos das drogas usadas no ‘Boa Noite Cinderela’ variam em cada pessoa e dependem da dose ingerida.“Os sintomas mais comuns são amnésia, sonolência, inconsciência, alucinações, vômitos,podendo evoluir para um estado de coma”.Segundo o nefrologista Rodrigo Melo, a vítima perde a inibição e não consegue discernir o certo do errado.
Vítimas não perceberam a presença de estranhos
Dois venezuelanos foram presos, no ano passado, por policiais da 5ª DP (Mem de Sá) após aplicarem golpes de ‘Boa Noite Cinderela’. Segundo o delegado Geraldo Assed, os venezuelanos aplicaram os golpes da forma tradicional: se aproximaram das vítimas e colocaram drogas nas bebidas delas.No caso registrado na Lapa, no último fim de semana, o delegado estranha o fato de as vítimas não terem percebido a presença de pessoas estranhas.
Funcionários do bar disseram que não notaram nada de diferente:“As pessoas pegam a cerveja no balcão e levam para a mesa já aberta. Tenho um funcionário antigo que nos ajuda às sexta-feiras. Não podemos responder pelo grupo que está sentado à mesa. Não coloco a mão no fogo, mas não acredito que seja alguém do bar”, alegou uma funcionária do local, que se colocou à disposição da Polícia Civil.
Funcionários do bar e as vítimas serão chamados a prestar novo depoimento. “Vou solicitar o boletim de atendimento médico (da vítima) caso ela tenha ido ao hospital”,explicou o delegado.“Geralmente, as vítimas procuram a delegacia depois de algum tempo. Com isso, não é feita a perícia no líquido e não sabemos de qual substância se trata”, ponderou.
De acordo com o delegado Reginaldo Félix,titular da Delegacia de Combate a Drogas, a especializada não apreendeu nenhuma substância de escopolamina no Rio.

Como se prevenir
Os médicos e professores universitários da Universidade São Francisco, Thiago Melo,cirurgião vascular; e Rodrigo Melo, nefrologista, explicam que o efeito de perda de memória causado pelas substâncias do ‘Boa noite Cinderela’é chamado de blackout. No blackout total, a pessoa não se lembra de nada do que ocorreu durante a intoxicação. Já no parcial, a vítima recorda-sede fragmentos do que ocorreu durante o período em que esteve dopada.
A duração da intoxicação no ‘Boa noite Cinderela’ depende da quantidade da droga, da substância e da resposta do organismo. Relatos apontam que o tempo pode variar de algumas horas a um dia.
Veja como se prevenir:
Não aceitar bebidas de estranhos
No caso de bebidas com lacre,sempre verifique se não foi violado
Descarte sua bebida se ela tiver ficado sobre a mesa durante o período em que você saiu para dançar ou foi ao banheiro,por exemplo.
Sempre mantenha o copo no seu campo de visão
Sempre peça sua bebida e faça você mesmo a retirada

Programação do Gravatá Jazz 2020 Festival, quinta edição.

19:49 0 Comments

Com quatro dias de shows gratuitos de atrações locais, nacionais e internacionais, este ano o festival acontece de 22 a 25 de fevereiro, em Gravatá, município localizado no Agreste do Estado, a 84 quilômetros da capital. 
Nesta edição, a estimativa é que o festival receba um público de mais de 10 mil pessoas por noite.
O formato do GJF 2020 segue os mesmos moldes que o transformou em um sucesso já nas primeiras edições: atrações locais dividem o palco com músicos de destaque nacional e internacional, em shows separados, mas que, ao longo da noite, dão ao público a sensação de estar na plateia de uma grande  “jam session”, como se diz no meio musical. “O GJF tem um espírito de curtição. Nossa ideia é realizar um intercâmbio entre os músicos. Essa mistura contagia a plateia e foi o que tornou o festival um dos mais prestigiados do Brasil”, diz Giovanni Papaleo que também é baterista da Uptown Band.
De acordo com ele, a ideia inusitada de desenvolver um festival de jazz em pleno Carnaval surgiu para dar ao público uma boa opção distante da folia de Momo. “Muitas pessoas procuravam uma opção ao Carnaval. E aqui em Pernambuco, que é a Terra do Frevo, não havia. Então queríamos desenvolver algo que fosse um grande projeto turístico e de lazer, mas que também servisse como opção para as pessoas que querem fugir da folia tradicional. Para isso, nada melhor que música de qualidade, como jazz, blues, bossa nova e nossos ritmos regionais”, explica.
Iniciado há cinco anos em Gravatá, com edições consecutivas, o festival tem sido um sucesso. “É um evento que traz cultura, valoriza a cena local e gera intercâmbio com artistas de fora, além de atrair turistas gerando renda para o nosso município”, diz o prefeito Joaquim Neto. O festival foi crescendo aos poucos. “Para se ter uma ideia, os artistas da primeira edição cobraram apenas cachês simbólicos para participar, por acreditar no GJF”, afirma Jackson Rocha Júnior, diretor da Promundo e produtor do festival. Ano após ano, o festival foi crescendo e ganhando melhorias consideráveis na estrutura. “Uma coisa que nos orgulha muito é o festival, em todos esses anos, não ter registrado nenhuma ocorrência policial grave durante seus dias de realização. O que é fantástico. Uma garantia de que as famílias podem curtir todo o evento com tranquilidade e conforto, já que o local é coberto, seguro, disponibiliza mesas e cadeiras e conta com uma praça de alimentação”, diz Jackson.
Pelos palcos do GJF já passaram grandes nomes do jazz, blues, rock e música popular brasileira. Entre os destaques, Airto Moreira e Flora Purim,  Ivan Lins, Ed Motta, Bob Mintzer e Russell Ferrante, que são líderes da Yellow Jackets, Jennifer Batten, que atuou por dez anos como guitarrista de Michael Jackson, Kiko Loureiro e muitos outros. “Se formos citar todos os nomes, vamos levar um dia inteiro. Muita gente talentosa e famosa já passou pelo festival. Expoentes da cultura popular, como o maracatu, estão sempre presentes também. Uma das coisas mais bacanas do GJF é a possibilidade de misturar ritmos regionais ao jazz de maneira muito saudável. Outro ponto positivo nascido dessas misturas é colocar artistas locais, da terra, para interagir no palco com ídolos deles. A experiência para os músicos e para o público é inesquecível”, explica Giovanni.
Aliás, a interação com o público vai além da animação. O GJF promove mais uma vez esse ano o já tradicional concurso de frases sobre o evento onde as melhores são premiadas diariamente com instrumentos de alta qualidade.
 Grandes estreias no GJF 2020
 Na edição deste ano, o Gravatá Jazz traz um line-up variado e com a grande maioria das atrações se apresentando pela primeira vez no festival. É o caso do cantor e guitarrista norte-americano Mark Lambert, que sobe ao palco no dia 24 de fevereiro liderando um grupo formado por músicos recifenses. Para o show, ele, que já tocou com inúmeras estrelas da música e que já produziu Astrud Gilberto, promete uma mistura empolgante de jazz, blues, funk raiz e soul music.
Quem também faz seu debut e promete contagiar o público é J.J. Thames, cantora americana considerada diva do Blues de Mississipi (apesar de ter nascido em Detroit). Com uma voz poderosa e inconfundível, J.J. já ficou entre as 10 melhores da Billboard por 25 semanas no gênero de Blues e recebeu diversos elogios da imprensa nos lugares onde passou.
Outra grande atração é a Serial Funkers, formada por Herbert Medeiros (teclados),
Luciano Ribeiro (Baixo), Luguta (Bateria) e Regis Paulino (voz). Em treze anos de carreira a banda passou por várias das principais cidades e casas de show do Brasil levando sua música pulsante e interpretando grandes clássicos nacionais e internacionais com muito suingue.
Ainda no cenário nacional, o evento traz Bruno Marques, que além de músico é um dos grandes incentivadores do blues no Brasil. Ele, que já participou de grandes festivais internacionais do gênero, é responsável pela criação de projetos nacionais onde o blues é o protagonista, como o Rota do Blues, que percorre o Brasil com shows de artistas estrangeiros e nacionais.
Mas há mais brasileiros no time. Um deles é Tony Gordon, vencedor do The Voice Brasil 2019.. Com mais de 30 anos de carreira, o músico busca enfatizar a função do “crooner” na cultura da música popular, reavivando com isso a importância do seu pai, Dave Gordon, também “crooner”. Em suas apresentações, uma forte presença do afro-calypso-americano. Na grade também se apresenta o virtuoso instrumentista mineiro Dudu Lima, contrabaixista, compositor e arranjador, com uma sonoridade inovadora que tem encantado as plateias por onde passa de Norte a Sul do País, bem como em suas turnês internacionais. Sua biografia é composta por 11 CDs e sete DVDs, além de um álbum em vinil exclusivo para colecionadores.
Já o cantor de jazz Arthur Philipe e Dom Angelo, violonista , pesquisador e produtor, trazem ao palco um passeio pelos grandes clássicos do jazz norte-americano e da bossa nova. Com 15 anos de carreira, Liv Moraes também está confirmada entre as atrações do GJF 2020. A cantora, considerada um dos destaques da nova geração da MPB, é filha do grande instrumentista, cantor e compositor Dominguinhos com a cantora Guadalupe. A promessa para o festival é de um show cheio de diversidade de ritmos com pegada jazzística.  programação traz também, Di Stéffano, baterista e bandleader, um dos maiores nomes do Jazz do Distrito Federal.
A primeira banda de Rockabilly do Recife é uma das que marcam presença no festival. A promessa da Allycats para o GJF é de um show feito em 2020, mas com carinha de 1950. Para que a volta no tempo seja possível, a proposta é de um visual cheio de botas, topetes, barbas e um som poderoso. Como não podia ser diferente, a banda traz influências dos gênios dos primórdios do rock and roll, como Chuck Berry. É uma receita infalível que mescla o novo com o velho, com ar de old school, mas também de música contemporânea.
Pioneira no Nordeste quando o assunto é jazz e blues, a Uptown Blues Band iniciou sua trajetória ainda em 1997. Já em 2018 foi eleita pelo júri do Prêmio Profissionais da Música, como a melhor banda de blues do País. A banda, capitaneada por Giovanni Papaleo, também ajudou a promover, durante dez anos, shows nacionais e internacionais de blues para sete capitais nordestinas, algo que antes só acontecia no Sul do País. Em suas apresentações, uma mescla da magnífica arte norte-americana com os ritmos regionais, como maracatu e baião. Uma forma de valorizar a cultura local e ainda assim difundir o blues no Nordeste.
Uma mistura ainda mais inusitada poderá ser conferida no show do Moda de Rock, um projeto da dupla de violeiros Ricardo Vignini e Zé Helder que nasceu quase como uma brincadeira, em 2007, quando os dois violeiros, também professores, resolveram mostrar o potencial do instrumento para os alunos e ao mesmo tempo reviver a trilha sonora da adolescência de ambos. Nas apresentações, versões instrumentais de clássicos do rock para a viola caipira.
Canjas – Já firmado como um dos maiores festivais do País, o GJF atrai o interesse dos músicos da cena. Os norte-americanos Breezy Rodio e Lorenzo Thompson, por exemplo, fizeram questão de marcar presença e podem dar uma mostra de seus trabalhos durante o evento . São convidados especiais. Breezy é guitarrista e vocalista da nova geração de blues de Chicago, fazendo um som clássico, influenciado pelos mestres Albert King, Ray Charles, BB King, T-Bone Walker e outras lendas. Em seus shows, apresenta a musicalidade do passado com um pé no futuro, com influências tanto do blues da década de 40 como do blues urbano de hoje, além de um domínio profundo da guitarra. Já Lorenzo teve sua primeira experiência de canto em coral da igreja e é um artista dinâmico, com uma capacidade única de se conectar com o público e transformar o show numa grande festa.
No improviso – Para manter a tradição, a quinta edição do Gravatá Jazz Festival contará com jam sessions de jazz e blues logo após os shows do palco oficial. A casa oficial desses encontros musicais improvisados, diariamente, será o restaurante Barito Fondue, que tem tradição em receber as melhores jams do pós festival. Por lá devem passar os principais nomes nacionais e internacionais dos shows oficiais do GJF. A ideia surgiu como uma forma de presentear o público com explosões musicais improvisadas, mas não menos emocionantes e dar aos músicos presentes a oportunidade de trocar experiências. É nas Jam sessions que artistas estreantes e veteranos, locais ou nacionais, ou ainda internacionais, sobem ao palco e se entregam, juntos à música.
Movimento – A expectativa é que o Gravatá Jazz provoque uma ocupação de 100% na rede hoteleira do município durante a realização do festival. Um aumento do movimento também é esperado nos bares e restaurantes da cidade.
Confira a programação completa:
Sábado – 22/02/2020
19h – Arthur Philipe (PE) convida Dom Angelo Mongiovi (PE)
20h – Bruno Marques (MG) e Derico (SP) convidam Breezy Rodio (EUA)
21h – J. J. Thames (USA) e Rodrigo Morcego (PE)
Domingo – 23/02/2020
20h – Vintage Pepper (PE) e Big John Siqueira (PE)
21h – Allycats (PE)
22h – Tony Gordon (SP), vencedor do último The Voice
Segunda – 24/02/2020
20h – Moda de Rock com Ricardo Virgini (SP)
21h – Mark Lambert (EUA)
22h – Bruno Marques (MG) e Di Steffano (DF) convidam Lorenzo Thompson (EUA)
Terça – 25/02/2020
20h – Dudu Lima (MG) convida Bruno Bertrami (RJ)
21h – Uptown Band (PE) e Liv Moraes (PE)
22h – Serial Funkers (SP)

Desempregados há três anos têm direito a saque do FGTS. Entenda

14:47 0 Comments
Regra permite que o trabalhador retire todo o valor das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço


Cidadãos que estão há três anos ou mais sem um emprego com carteira assinada têm direito ao saque integral do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Não há limite máximo a ser retirado, e o valor é liberado conforme o mês de aniversário do trabalhador.

A regra vale para todas as contas inativas, ou seja, aquelas em que o contrato de trabalho foi extinto.

Por outro lado, quando se é demitido sem justa causa, o trabalhador pode sacar o valor da conta ativa, mas não das inativas.

Como sacar?
Para conseguir a integralidade do saque, é preciso informar a Caixa Econômica Federal, única gestora do FGTS.

É necessário levar alguns documentos, como a carteira de trabalho — para comprovar o desligamento, que deve ter ocorrido em qualquer data depois do dia 13 de julho de 1990 —, documento de identificação do titular da conta e o número de inscrição do Pis/Pasep/Nis.

Outras formas de sacar
Veja aqui as situações nas quais se pode sacar os recursos da conta vinculada e confira os documentos necessários.

Bolsonaro desafia governadores e promete "troca" por combustíveis mais baratos

14:31 0 Comments
clique aqui e siga-nos



Zero o federal [imposto sobre combustíveis] se eles zerarem o ICMS. Está feito o desafio agora", bradou o presidente

O presidente Jair Bolsonaro reaqueceu a discussão com governadores e afirmou nesta quarta-feira (5) que irá zerar o imposto federal sobre combustíveis caso os governadores zerem também o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

"Eu zero o federal se eles zerarem o ICMS . Está feito o desafio aqui agora. Eu zero o federal hoje, eles zeram o ICMS", declarou Bolsonaro na manhã desta quarta ao deixar o Palácio da Alvorada.

Inviável, a "troca" foi uma forma de o presidente demonstrar o descontentamento com a reclamação dos chefes dos Executivos estaduais sobre o preço dos combustíveis. O próprio presidente reconheceu saber que os governadores são contra a ideia de mexer no ICMS: "Lógico que são contra. Arrecadação, né?".

Para Bolsonaro , não é justo que somente o Executivo federal leve a culpa pelos alto preços, então o desafio é propor que os estados diminuam suas arrecadações com o ICMS para que os preços dos combustíveis caiam.

"Olha o problema que eu estou tendo com combustível. Pelo menos a população já começou a ver de quem é a responsabilidade. Não estou brigando com governadores. O que eu quero é que o ICMS seja cobrado no combustível lá na refinaria, e não na bomba. Eu baixei três vezes o combustível nos últimos dias, mas na bomba não baixou nada", justificou o presidente.

INSS começa a pagar benefícios com reajuste na segunda. Confira

19:33 1 Comments


Aumento será de 4,48% para aqueles que recebem acima do piso nacional, hoje em R$ 1.039

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a pagar nesta segunda-feira (27/01/2020) o benefício a aposentados e pensionistas com reajuste. O depósito para quem ganha até um salário mínimo vai até o próximo dia 7.
Para os segurados que recebem acima do piso nacional, o pagamento começa a ser creditado a partir do dia 3.
O pagamento é feito de acordo com o número final do cartão de benefício. Para isso, basta desconsiderar o último dígito verificador, ou seja, que aparece depois do traço.
No mês passado, o governo federal oficializou o reajuste de 4,48% nos benefícios pagos pelo INSS maiores do que um salário mínimo, atualmente em R$ 1.039.
Agora, o teto para segurados e pensionistas no INSS passa de R$ 5.839,45 para R$ 6.101,06.
O aumento de 4,48% nos benefícios tem como base o Índice Nacional de Preços ao Mercado (INPC), também chamado de inflação para famílias com baixa renda. A taxa foi divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Reprodução/INSS

Coronavírus já matou 26 pessoas na China; Coronavírus: causas, sintomas, tratamento, diagnóstico e prevenção

10:28 0 Comments


Até agora 26 pessoas morrem vítimas do coronavírus na China. O país isolou área com 40 milhões de pessoas para impedir que vírus se alastre para outras partes do continente.
Treze cidades estão em áreas suspeitas de disseminação do vírus letal. Um hospital está sendo construído com mil leitos para acelerar o tratamento de pessoas já contaminadas.
A região está sendo considerada o epicentro da doença e especula-se que vírus tenha sido trazido para China em dezembro do ano passado em um mercado onde era comercializado animais de forma irregular.

O que são os coronavírus?

Os Coronavírus são uma grande família viral que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais. Os Coronavírus humanos causam doença respiratória, de leve a moderada, no trato respiratório superior. Esses vírus receberam esse nome devido às espículas na sua superfície, que lembram uma coroa.
Os primeiros Coronavírus humanos foram inicialmente identificados em meados da década de 1960. Os Coronavírus que infectam humanos são:
  • Alpha coronavírus 229E e NL63;
  • Beta coronavírus OC43 e HKU1;
  • SARS-CoV (causador da Síndrome Respiratória Aguda Grave ou SARS);
  • MERS-CoV (causador da Síndrome Respiratória do Oriente Médio ou MERS).

IMPORTANTE: A maioria das pessoas se infecta com um ou mais coronavírus comum durante a vida. Crianças pequenas estão mais propensas à infecção. Contudo, um indivíduo pode ter múltiplas infecções ao longo da vida.

Quais são os sintomas dos coronavírus?

Os coronavírus humanos comuns geralmente causam infecções leves ou moderadas do trato respiratório superior, com curta duração. Os sintomas podem incluir coriza; dor de garganta; febre.
IMPORTANTE: Esses vírus, algumas vezes, podem causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias - que são mais comuns em pessoas com doenças cardiopulmonares, com sistema imunológico comprometido ou idosos.

Como os coronavírus são transmitidos?

O modo de transmissão dos coronavírus humanos comuns acontece das seguintes formas:
  • Pelo ar;
  • Por meio de tosse ou espirro;
  • Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
  • Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido então de contato com a boca, nariz ou olhos.
O período de incubação dos coronavírus, ou seja, período em que os sintomas surgem desde a infecção no organismo, é de 2 a 14 dias. Já sobre o período de transmissibilidade, de uma forma geral, ocorre apenas enquanto persistirem os sintomas.
É possível a transmissão viral após a resolução dos sintomas, mas a duração do período de transmissibilidade é desconhecida para o SARS-CoV e o MERS-CoV. Durante o período de incubação e em casos assintomáticos, os coronavírus não são contagiosos.

Como é feito o diagnóstico dos coronavírus?

O diagnóstico dos coronavírus é basicamente clínico, com avalição do profissional de saúde e análise dos sintomas.
Para confirmar a presença do vírus, podem ser feitos exames de sangue, fezes e/ou secreções nasais, por meio de testes sorológicos, PCR e cultura viral.
Em casos mais graves, que são raros, pode ser necessária a internação do paciente. O diagnóstico e exames são feitos pelo profissional de saúde, de acordo com a situação de cada caso.

Como é feito o tratamento dos coronavírus?

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano.
No caso dos coronavírus humanos comuns, a maioria das pessoas se recuperam sozinhas após alguns dias, com repouso e consumo de bastante água. Porém, algumas medidas podem ser adotadas para aliviar os sintomas, como:
  • Uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos).
  • Uso de humidificador no quarto ou tomar banho quente para auxiliar no alívio da dor de garanta e tosse.
  • Ingestão de líquidos.
  • Repouso.
IMPORTANTE:  No caso de suspeita dos tipos MERS ou SARS, um médico deve ser consultado imediatamente. Nos casos de pacientes com sintomas graves, é recomendada internação e suporte ventilatório, mas essas medidas variam conforme cada caso e com a devida indicação médica.

Como prevenir os coronavírus?

Para redução do risco de adquirir ou transmitir doenças respiratórias, especialmente as de grande infectividade, como os coronavírus, são recomendadas medidas gerais de prevenção, como:
  • Frequente lavagem e higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento.
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal.
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir.
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca.
  • Higienizar as mãos após tossir ou espirrar.
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.
  • Manter os ambientes bem ventilados.
  • Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de infecção respiratória.
Até o momento, não existe vacina para os coronavírus, sejam os comuns ou os MERS-CoV e SARS-CoV.

Em áudio, Carla Zambelli diz que governo liberou verba para aprovar Previdência

23:28 0 Comments

Em áudio compartilhado nas redes sociais neste sábado (18.jan.2019), a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) sugere que o Planalto teria liberado recursos exclusivamente a deputados que votaram favoravelmente à reforma da Previdência –aprovada em agosto pela Câmara. A deputada confirmou que a voz da gravação é dela, mas negou que houve compra de votos (leia manifestação mais abaixo).
“Infelizmente, o deputado no 1º mandato não tem verba. É meu 1º ano de mandato. Só consegui essa verba e indiquei mais R$ 5 milhões para a saúde do Estado porque houve uma verba suplementar por conta da reforma da Previdência. Então, todos os deputados que votaram a favor da reforma da Previdência tiveram alguma verba que poderiam tirar de alguns ministérios para poder mandar para alguma cidade”, diz a deputada no áudio.
A deputada Sâmia Bomfim (Psol-SP) foi uma das pessoas que compartilharam o conteúdo.
Antes de o pacote de alterações nas regras para a aposentadoria ser votado pela Câmara dos Deputados, 1 levantamento da ONG Contas Abertas mostrou que, nos primeiros 5 dias de julho, foram empenhados pelo governo R$ 2,55 bilhões em emendas a congressistas.
Segundo a publicação, a cifra é maior do que a observada em todo o ano até junho (R$ 1,77 bilhão). O valor também é o mais alto empenhado para meses de julho ao menos desde 2016. As emendas são recursos que os congressistas têm direito no Orçamento para fazer obras e investimentos nos Estados e municípios.
A reforma foi aprovada definitivamente pelo Senado em outubro e considerada a maior vitória do governo no Congresso no ano passado. Mas até o fim de 2019, o governo era cobrado pelos congressistas pela liberação das verbas prometidas durante a aprovação do projeto das aposentadorias.
Em mensagem enviada à reportagem do Poder360, Carla Zambelli disse que a verba mencionada no áudio foi “distribuída naturalmente para a base do governo” e defendeu que “isso não tem nada a ver com compra de votos“. Leia a manifestação abaixo:
“Comprar voto significa pedir para votar em uma coisa e, em troca, dar dinheiro para a pessoa colocar no próprio bolso. Outra coisa completamente diferente é uma verba estar disponível para vários parlamentares na época da Previdência e essa verba ser distribuída naturalmente para a base do governo. Isso não tem nada a ver com compra de votos, porque nenhum centavo veio para o meu bolso. Muito pelo contrário. Justamente, eu estava explicando naquele áudio que eu indiquei a Santa Casa de São Carlos para receber uma verba e eles não receberam.”
OUÇA O ÁUDIO CLICANDO AQUI


▲ Ir para Topo