Ultimas noticias

6/recent/ticker-posts

banner no cabeçalho.

--ASSESSORIA E SUPORTE PUBLICITÁRIO PARA SUA EMPRESA E COMÉRCIO--


AKIAGORA

Clique na imagem e contate-nos


AKIAGORA

CASA DO AGRICULTOR

GRANA EXTRA Caixa conclui o pagamento de R$ 13,2 bi de lucro do FGTS a trabalhadores



Foto: Divulgação/FGTS

A Caixa anunciou, nesta terça-feira (26/7), que concluiu a distribuição de R$ 13,2 bilhões referentes ao lucro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em 2021 para 106,7 milhões de trabalhadores. Os valores, previstos para serem pagos até 31 de agosto, foram transferidos com mais de um mês de antecedência para quem tem conta ativa e inativa do FGTS — desde que tivessem saldo em 31 de dezembro do ano passado.


O lucro é um rendimento baseado na taxa de juros do país calculado sob todas as contas dos trabalhadores que estão ou estiveram em um emprego formal no ano de cálculo. Os valores recebidos por cada trabalhador são proporcionais ao saldo existente na conta até 31 de dezembro de 2021. O montante será creditado na conta do FGTS de cada trabalhador.



Assim como o saldo tradicional, o valor pode ser sacado nos casos regulares previstos em lei: demissão sem justa causa, estar três anos sem emprego com carteira assinada, fim do contrato temporário, compra de casa própria, aposentadoria, saque-aniversário e doenças graves.


O crédito foi autorizado pelo Conselho Curador do FGTS (CCFGTS), que determinou a distribuição de 99% do total dos lucros obtidos em 2021, de R$ 13,3 bilhões. A distribuição de R$ 13,2 bilhões foi o maior valor distribuído pela instituição desde 2017, quando o FGTS passou a dividir os lucros para os trabalhadores como uma forma de melhorar o rendimento financeiro da conta do trabalhador.


Com a distribuição, as contas dos trabalhadores alcançaram índice de rentabilidade de 5,83% ao ano em 2021. No entanto, por conta da inflação de 10,06% em 2021, as contas não conseguirão repor perdas, mas alcançarão maior índice rentável do que a correção da poupança (2,99%) e ao CDI (4,42%), nos valores acumulados no ano passado.


Consulte o saldo

Os trabalhadores poderão verificar se o saldo já foi creditado em conta a partir da consulta por meio do site do FGTS ou do aplicativo FGTS — disponível no Google Play e App Store.
Por: Correio Braziliense

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários