Ultimas noticias

6/recent/ticker-posts
Aqui a notícia é prioridade


AKIAGORA

CLIQUE E VISITE NOSSOS PARCEIROS


AKIAGORA

AKIAGORA



AKIAGORA

Cultura Fenearte abre as portas ao público e celebra 30 anos do Manguebeat



Foto: Hélia Scheppa e Heudes Regis

Com a expectativa de receber mais de 200 mil visitantes até o dia 17 de julho, a Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte) – um dos maiores eventos do setor no País – abriu as portas ao público nesta quarta-feira (06.07) homenageando os 30 anos do Movimento Manguebeat. Esta 22ª edição da feira conta com cerca de cinco mil expositores, distribuídos em 700 espaços. A abertura teve as presenças do governador Paulo Câmara e da primeira-dama Ana Luiza.



Com a imagem-símbolo de uma antena parabólica fincada na lama e outra no que acontecia ao redor do mundo, o Manguebeat eclodiu em Pernambuco na década de 1990, misturando o regional ao que havia de mais pop, articulou as manifestações culturais da periferia do Grande Recife e conseguiu conectar a cultura popular com expressões globais.


“Todas as expressões culturais do nosso Estado estão sendo representadas aqui na Fenearte, tendo o artesanato como carro-chefe. Os 30 anos do Manguebeat representam uma data muito significativa e a nossa feira se dedica a valorizar os grandes símbolos, os movimentos culturais”, ressaltou Paulo Câmara.


Neste ano, serão criados cerca de 2,5 mil postos de trabalho temporário. Com um investimento de R$ 7 milhões, espera-se que o evento movimente R$ 40 milhões nos 12 dias de realização. A programação é extensa, com salões de arte, desfiles de moda, oficinas gratuitas, rodas de conversas, shows, decoração, gastronomia, atividades infantis, entre outros.


“É muito gratificante estar mais um ano aqui na Fenearte. É uma equipe muito grande que faz acontecer essa feira e nós estamos muito felizes em poder mostrar nosso trabalho mais uma vez”, afirmou Damiana, expositora de produtos em renda e uma das artesãs que integram a Alameda dos Mestres, espaço de destaque na Fenearte que agrega os patrimônios vivos de Pernambuco.


O governador e a primeira-dama estiveram acompanhados da vice-governadora Luciana Santos; dos secretários estaduais Milu Megale (Turismo e Lazer), Alexandre Rebêlo (Planejamento e Gestão), coronel Carlos José (chefe da Casa Militar), Edilázio Wanderley (Desenvolvimento Social, Criança e Juventude), Ana Elisa Sobreira (Mulher), Marcelo Canuto (Justiça e Direitos Humanos); Tomé Franca (Desenvolvimento Urbano e Habitação), Alexandre Gabriel (chefe da Assessoria Especial), Gilberto Freyre Neto (executivo de Relações Internacionais); do o procurador-geral do Estado, Ernani Medicis; dos presidentes da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe), Roberto Abreu e Lima, da Copergás, André Campos, e da Compesa, Manuela Marinho.


Também estiveram presentes o defensor público-geral do Estado, Henrique Seixas; a diretora de Promoção da Economia Criativa da Adepe e coordenadora da Fenearte, Márcia Souto; os prefeitos de Olinda e Recife, professor Lupércio e João Campos, respectivamente; e a chefe do Gabinete do Centro Histórico da Prefeitura do Recife, Ana Paula Vilaça.
DP

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários