Ultimas noticias

6/recent/ticker-posts

banner no cabeçalho.

--ASSESSORIA E SUPORTE PUBLICITÁRIO PARA SUA EMPRESA E COMÉRCIO--


AKIAGORA

Clique na imagem e contate-nos


AKIAGORA

CASA DO AGRICULTOR

Alerta aos pais: Duas crianças morrem após desafio do Tik Tok

Os participantes do desafio compartilham vídeos de sufocamento até perderem a consciência
Caio Rangel

Imagem ilustrativa (Reprodução redes sociais)


O TikTok está sendo processado por homicídio culposo depois que duas meninas morreram em consequência de um desafio viral visto na rede social.

O caso aconteceu nos Estados Unidos, e acendeu um alerta para os pais do mundo inteiro que permitem seus filhos se distrairem na plataforma.



Os participantes do desafio compartilham vídeos de sufocamento até perderem a consciência.

O escritório de advocacia por trás dos processos, Social Media Victims Law Center, entrou com uma ação civil contra a empresa de aplicativo em um tribunal de Los Angeles, EUA, em nome das famílias das duas meninas.


De acordo com a defesa, o aplicativo expôs Lalani Erika Walton , de 8 anos, e Arriani Jaileen Arroyo, de 9 anos, a vídeos associados a uma tendência conhecida como Blackout Challenge (Desafio do Apagão, em tradução literal), que estimula o participante a perder a consciência.

Uma organização cristã comentou sobre os danos potenciais de crianças pequenas usando as mídias sociais sem supervisão adequada dos pais.

DICAS DE SEGURANÇA DA POLÍCIA FEDERAL PARA OS PAIS

1 – Estreitar o vínculo de amizade e cumplicidade com seus filhos e sempre perguntar sobre as atividades desenvolvidas no dia.

2- Ter conhecimento básico de internet e computação, principalmente sobre redes sociais, para instruir os filhos.


3 – Supervisionar o acesso dos filhos à internet de forma discreta e não ostensiva. Melhor caminho é sempre o diálogo e orientação.

4 – Alertar e conscientizar os filhos sobre os perigos que existem na internet.

5 – Importante a conscientização para não compartilharem de maneira exagerada informações pessoais.

6 – Ter o consentimento da criança e do adolescente para acessar o perfil nas redes sociais.

7 – Deixar, se possível, o computador num cômodo público e visível da casa para que, em qualquer momento, possa ser visualizado o que os filhos estão acessando.

8 – Não permitir que os filhos fiquem muitas horas conectados à internet

DICAS DE SEGURANÇA DA POLÍCIA FEDERAL PARA OS FILHOS

1 – Nunca incluir nas redes sociais informações pessoais de maneira exagerada

2 – Não postar fotos em excesso

3 – Nunca incluir desconhecidos em contatos

4 – Preservar a intimidade ao máximo

Com informações de The Christian Post, Comunhão e Polícia Federal

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários