Ultimas noticias

6/recent/ticker-posts

banner no cabeçalho.

--ASSESSORIA E SUPORTE PUBLICITÁRIO PARA SUA EMPRESA E COMÉRCIO--


AKIAGORA

Clique na imagem e contate-nos


AKIAGORA

CASA DO AGRICULTOR

ELEIÇÕES 2022 Miguel Coelho cobra 'gesto' do PSDB em Pernambuco



Foto: Reprodução/Youtube

O ex-prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (União Brasil), foi o segundo pré-candidato ao governo de Pernambuco a participar da sabatina do UOL/Folha de S. Paulo, na manhã desta quarta-feira (8). O pré-candidato pontuou sobre possíveis parcerias, fez críticas à gestão do PSB e se posicionou sobre os pré-candidatos à presidência. Miguel defendeu o nome presidenciável do seu partido, Luciano Bivar, e evidenciou que suas alianças com a escala federal serão feitas de forma estratégica, se opondo à nacionalização das campanhas estaduais.


"Enquanto prefeito de Petrolina, era minha obrigação e dever fazer todas as parcerias possíveis com o governo federal para poder honrar o voto que recebi dos meus irmão e irmãs de Petrolina para transformar a cidade. É assim, enquanto governador, que vamos nos portar junto com o próximo presidente da República, seja ele Lula, Bivar ou Bolsonaro", afirmou o ex-prefeito.



Explorando mais uma vez a possível parceria com o PSDB, Miguel não descarta a chance de união, inclusive com a adversária Raquel Lyra. No entanto, ele afirmou que espera empatia do partido. "Defendo política da união e convergência de ideias, respeitando as divergências. Se Raquel Lyra entender que pode vir a agregar com seu grupo político, sendo senadora ou indicando vice, a nossa porta está aberta, não só para o grupo de Raquel, mas para todos que querem apoiar. O União Brasil já fez muitos gestos para o PSDB. A gente também aguarda um gesto de reciprocidade do PSDB para com o União Brasil. [...] 'Pau que dá em Chico, dá em Francisco', como diz um ditado popular aqui no Nordeste.’’


PSB
Sobre a gestão atual do estado, Miguel pontuou críticas ao PSB. "O governo do Estado assumiu a responsabilidade da duplicação da BR-104 e não concluiu. Assumiu a Adutora do Agreste e não concluiu" destacou o pré-candidato, que relembrou a situação recente das chuvas: "A culpa pelas mortes das chuvas é do governo do estado e compartilhada com as prefeituras. Pernambuco, nos últimos anos, não investiu mais de R$ 180 milhões em habitação. Só no Recife, é necessário R$ 1 bilhão de reais para garantir moradias. E praticamente nada foi feito" disse.


Bivarista
Apesar de não ter demonstrado apoio direto aos principais candidatos à presidência, Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL), Miguel aproveitou o momento para lembrar o nome de Luciano Bivar, pré-candidato do seu partido: "Não estamos indo contra A ou B, estamos fazendo campanha do nosso candidato, Luciano Bivar, que não tem nem 15 dias que foi oficializada a pré-candidatura. É natural que possa estar se consolidando, visitando os estados e fazendo o trabalho de pré-campanha. Acredito que, muito em breve, estará se refletindo nas pesquisas eleitorais" destacou.
DP

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários