Ultimas noticias

6/recent/ticker-posts

banner no cabeçalho.

--ASSESSORIA E SUPORTE PUBLICITÁRIO PARA SUA EMPRESA E COMÉRCIO--


AKIAGORA

Clique na imagem e contate-nos


AKIAGORA

CASA DO AGRICULTOR

Saúde: Cigarros eletrônicos podem causar infecções em vários órgãos, diz estudo



Estudo mostra que o uso diário de cigarros eletrônicos pode alterar o estado inflamatório em vários sistemas de órgãos, como o cérebro, o coração, os pulmões e o cólon. Os efeitos também podem variar dependendo do sabor do pod, como é popularmente conhecido, e influenciar como os órgãos respondem às doenças infecciosas, como a Covid-19.

O estudo, feito por pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade da Califórnia em San Diego, foi publicado em abril de 2022 na revista científica eLife. A pesquisa é pioneira sobre os efeitos do cigarros eletrônicos.
A professora da medicina na Faculdade de Medicina da UC San Diego e chefe de seção de Cuidados Críticos Pulmonares no Veterans Affairs San Diego Healthcare System, Laura Crotty explica os riscos. "Estes cigarros eletrônicos baseados em cápsulas se tornaram populares nos últimos cinco ou mais anos, portanto não sabemos muito sobre seus efeitos a longo prazo na saúde."

Nos Estados Unidos, mais de 12 milhões de pessoas usam os cigarros, com maior frequência entre jovens de 18 a 24 anos. Apesar de sua popularidade, as pesquisas sobre os dispositivos têm sido em grande parte limitadas a estudos de uso de curto prazo, e voltados aos produtos mais antigos, como canetas vape e box mods que tem concentrações significativamente menores de nicotina do que os modernos sistemas baseados em cápsulas recarregáveis.

O estudo foi feito com base nos produtos da empresa JUUL, fundada em 2017, com os sabores mais populares,: menata e manga. Para exemplificar o uso crônico dos cigarros, os ratos adultos foram expostos aos aerossóis aromatizados JUUL três vezes ao dia durante três meses. Os pesquisadores então procuraram por sinais de inflamação em todo o corpo. 

Os efeitos mais marcantes avistados pelos pesquisadores foram no cérebro, onde vários marcadores inflamatórios foram elevados. Também foi notado, mudanças adicionais na expressão do gene neuroinflamatório, onde foram observadas nos acúmulos do núcleo, uma região cerebral crítica para a motivação e o processamento de recompensas. Os pesquisadores disseram que as descobertas levantaram grandes preocupações, pois a neuroinflamação nesta região tem sido ligada à ansiedade, depressão e comportamentos viciantes.
"Muitos usuários da JUUL são adolescentes ou jovens adultos cujos cérebros ainda estão se desenvolvendo, portanto é bastante aterrorizante aprender o que pode estar acontecendo em seus cérebros, considerando como isto pode afetar sua saúde mental e seu comportamento ao longo da linha", disse Crotty.

O gene inflamatório também aumentou no cólon, após um mês de exposição aos aerossóis, aumentando o risco de doença gastrointestinal. Em contraste, o coração mostrou diminuição dos níveis de marcadores inflamatórios. Porém os autores disseram que este estado de imunossupressão poderia tornar o tecido cardíaco mais vulnerável à infecção.

Os pulmões não mostraram sinais de inflamação no nível dos tecidos, mas sim numerosas mudanças na expressão gênica nas amostras, resultados que exigem um estudo mais aprofundado dos efeitos a longo prazo dos cigarros eletrônicos baseados em cápsulas sobre a saúde pulmonar.

"Isto foi uma verdadeira surpresa para nós", diz a pesquisadora, durante o estudo, foi constatado que as reações inflamatórias de cada órgão variam dependendo de qual sabor de JUUL era usado. Por exemplo, os corações dos ratos que inalaram aerossóis de menta eram muito mais sensíveis aos efeitos da pneumonia bacteriana do que aqueles que inalavam aerossóis de manga.

"Isto nos mostra que os próprios produtos químicos de sabor também estão causando mudanças patológicas", explica Cortty. Se alguém que usa frequentemente cigarros eletrônicos JUUL de sabor menta fosse infectado com Covid-19, é possível que seu corpo reagisse de forma diferente à infecção.
Cada órgão tem o próprio ambiente imunológico finamente ajustado, o equilíbrio do sistema é modificado através do uso constante do cigarro eletrônico. Por isso é tão importante ser feita uma pesquisa a longo prazo sobre a saúde dos usuários. Crotty explica que cada dispositivo e marca tem suas particularidades, é só um estudo detalhado de cada pode determinar como ele afeta a saúde de todo o corpo.
DP


Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários