Enem 2020: Candidatos terão que usar máscara durante o exame ou serão eliminados




O Ministério da Educação (MEC) publicou, no Diário Oficial da União desta sexta-feira (31), uma retificação ao edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Na publicação, a pasta informa que os candidatos terão que usar máscaras desde a entrada nos locais da prova até a saída, tanto na prova impressa quanto na digital.

Os estudantes poderão levar máscara reserva para trocar durante a aplicação do exame. Haverá local adequado para descarte, segundo o MEC. Caso se recuse o equipamento de proteção individual, o candidato poderá ser eliminado.

Participantes com autismo, deficiência intelectual, sensorial ou outras deficiências que impeçam o uso indicado não precisam usar a máscara. A retirada do acessório será permitida apenas durante a identificação do estudante. De acordo com o edital, o manuseio da máscara deverá ser feito pelas laterais, sem tocar na área externa.

A edição de 2020 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021, dois domingos, com as provas impressas. A versão digital do exame será nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro do próximo ano, também aos domingos. O Enem 2020 tem 5.783.357 de inscritos. Pernambuco inscreveu 315.693 candidatos.

Inicialmente, a prova tradicional estava prevista para 1º e 8 de novembro deste ano. Já as provas digitais seriam nos dias 22 e 29 de novembro. A decisão de adiamento do exame aconteceu após o governo federal enfrentar questionamentos judiciais cobrando a prorrogação da data por causa da pandemia da Covid-19, que levou as escolas a suspenderem as aulas presenciais. 



Postar um comentário

0 Comentários

AKIAGORA