Pesquise aqui.

A maior velocidade!

mototaxistas tem direito adquirido em Gravatá

O direito de trabalhar novamente está garantido para 20 mototaxistas que neste sábado (22) receberam as batas da Prefeitura. A entrega ocorre após liminar judicial que autoriza a devolução das batas caçadas há cerca de 6 anos por, segundo os profissionais, perseguições e supostas acusações. Como não houve julgamento, a justiça decidiu conceder a liminar e a Prefeitura reuniu a categoria par fazer a devolução dos uniformes. Além dos trabalhadores, participaram da entrega o vereador Elson Campos, secretário de Indústria e Comércio, Arnaldo Souza, Chefe da Guarda Municipal, Irnaldo Pedro e o Vice Prefeito João Paulo Lemos.

De acordo com o presidente da Associação dos Motos Taxis de Gravatá, essa decisão da justiça não poderia ser melhor. A categoria esteve reunida por diversas vezes com o Prefeito Ozano Brito que propôs total apoio e empenho para que todos voltassem a trabalhar. “Nesse momento nós só temos a agradecer primeiro à Justiça e depois ao Prefeito que trabalha de forma honesta, valorizando a nossa profissão”, disse José Andrade Lima, presidente.

Arnaldo Souza frisou que o momento é de tranquilidade e todos poderão exercer a profissão sossegados. “Hoje vivemos um momento em Gravatá de paz, sem perseguição e isso vocês estão presenciando aqui”. O vice Prefeito João Paulo Lemos também garantiu tranquilidade para os profissionais. “É um vitória que vamos garantir junto com vocês. A Prefeitura não vai recorrer da decisão da justiça e faz essa devolução com prazer”, concluiu. Hoje trabalham 385 pessoas no serviço de moto taxi em Gravatá, com a devolução das batas esse número sobe para 405.

Depoimento do mototaxista Carlos Fernandes sobre a valorização do profissional hoje em Gravatá

Nota do Editor:
Parabéns caros colegas mototaxistas pela conquista adquirida.
Mago da Rádio e o akiagora
prefeituradegravata

▲ Ir para Topo