Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Previsão é de mais tornados nos Estados Unidos nesta terça (24).


Na passagem do tornado em Missouri, casas, mais frágeis do que no Brasil, foram pulverizadas. Automóveis foram jogados no ar como brinquedos.


Nos Estados Unidos, a previsão é de mais tornados nesta terça-feira (24). Equipes de resgate de quatro estados passaram a noite tentando encontrar sobreviventes no estado do Missouri. A cidade de Joplin, com 50 mil habitantes, ficou no caminho da destruição. No rastro de ventos de quase 300 quilômetros por hora, um terço da cidade foi destruído em poucos minutos. Minutos depois da passagem do tornado, sobreviventes caminhavam entre os escombros. Antes de os bombeiros chegarem, muita gente tentou ajudar.
Uma mulher diz que retirou dois corpos debaixo dos escombros de uma casa. Em outra casa, ela conseguiu salvar um homem. Mais de 100 pessoas morreram e há pelo menos 400 feridos, vários em estado grave.
As equipes de resgate continuam procurando desaparecidos entre montes de madeira e tijolos. As casas, que são feitas com materiais bem mais frágeis do que no Brasil, foram pulverizadas. Automóveis foram jogados no ar como se fossem de brinquedo.
O hospital da cidade foi atingido por um dos tornados e exames de raio X foram encontrados a 112 quilômetros de distância da cidade. O governo declarou estado de emergência. Depois do tornado, centenas de pessoas estão dormindo em abrigos.
Os ventos que atingiram Joplin fazem parte de uma cadeia de tempestades que atravessou no último domingo (22) os estados do Missouri, Minnesota e Wisconsin. Em várias cidades, as ruas foram bloqueadas por árvores que caíram. A rede elétrica foi danificada e muitas casas tiveram vazamentos de gás.
Os tornados se formam quando duas massas de ar diferentes (uma fria e seca; outra quente e úmida) se encontram na atmosfera. Desse encontro nasce um redemoinho em forma de cone, que vai da nuvem até o solo. A extremidade mais fina, a que toca o solo, é mais escura porque, quando o tornado se move, arrasta com ele uma grande quantidade de poeira e detritos vindos do chão. Quase sempre, o tornado vem acompanhado de fortes tempestades.
De acordo com as autoridades de Joplin, a destruição deste domingo foi parecida com a que aconteceu no mês de abril em Tuscaloosa, no Alabama, onde morreram 30 pessoas. Segundo os meteorologistas, o tornado de Joplin foi o mais destruidor dos últimos 58 anos. Vários caçadores de tornados, como são chamadas as pessoas que registram imagens do fenômeno, fizeram vídeos dos tornados que passaram por Joplin.
A previsão para os próximos dias é de que as tempestades continuem. Segundo as autoridades dos estados atingidos, a recomendação é que as pessoas fiquem atentas e procurem abrigo assim que virem uma imagem de um tornado no ar.
 g1.globo
▲ Ir para Topo