Ultimas noticias

6/recent/ticker-posts

banner no cabeçalho.

--ASSESSORIA E SUPORTE PUBLICITÁRIO PARA SUA EMPRESA E COMÉRCIO--


AKIAGORA

Clique na imagem e contate-nos


AKIAGORA

CASA DO AGRICULTOR

Setembro Amarelo alerta para o suicídio de mulheres



Foto: Divulgação

Setembro Amarelo é uma campanha voltada para a prevenção ao suicídio. A cor simboliza a esperança e, inicialmente, foi adotada em homenagem ao jovem americano, Mike Emme. Ele tinha um Mustang amarelo, mas se suicidou com apenas 17 anos de idade. Cartões com fitas amarelas foram entregues no dia do seu funeral com a mensagem: “Se você precisar, peça ajuda”. Os suicídios em mulheres apresentam índices inferiores aos suicídios em homens, no entanto, as mulheres apresentam mais tentativas de suicídio do que eles. No Brasil são registrados cerca de 14 mil casos por ano, ou seja, uma média de 38 por dia, observando os dois gêneros. Entre os jovens de 15 a 29 anos, é a quarta principal causa de mortes, atrás apenas de acidentes no trânsito, tuberculose e violência interpessoal. A pandemia de covid-19 piorou a situação, pois trouxe um agravamento na saúde mental dos brasileiros, atingido crianças a partir de seis anos de idade. A faixa etária dos brasileiros que são afetados por tentativa de suicídio ou suicídio é de 11 a 19 anos.


As mulheres jovens que sofrem violência doméstica têm maior risco de cometer suicídio. Pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde no período de 2011 a 2015, mostrou que mulheres que tinham notificação prévia de violência doméstica apresentavam 30 vezes maior risco de cometerem suicídio. Geralmente, eles estão relacionados a violência de gênero, à depressão, privação social, perdas afetivas de cônjuges e filhos, abortamento, além das singularidades que permeiam as histórias de vida.


Vejamos alguns sinais de alerta que podem indicar uma tendência ao suicídio:
• A pessoa não demonstra mais interesse por coisas que gostava anteriormente;
• Apresenta comportamento retraído, com dificuldades de se relacionar com amigos e familiares;
• Remói pensamentos de forma obsessiva;
• Desesperança, solidão, impotência e falta de significado na vida;
• Irritabilidade, pessimismo e apatia;
• Alterações extremas de humor, como excesso de raiva, vingança, ansiedade, irritabilidade, pessimismo, apatia e sentimentos intensos de culpa ou vergonha;
• Ter casos de doenças psiquiátricas como: transtornos mentais, de comportamento, personalidade, de humor etc.;
• Falar sobre morte ou suicídio, querer concluir afazeres pessoais e profissionais, doar pertences, visitar vários entes queridos de uma só vez, escrever um testamento, escrever cartas de despedida;
• entre outros.


É importante identificar os sinais e não tratar as lamentações da pessoa como “drama” ou “exageros”. Algumas ações significativas que podem ser realizadas:
• Falar de forma carinhosa e sem julgamentos, ouvir com atenção e se mostrar interessado com a conversa;
• Falar sobre o assunto, sem medos e tabus;
• Ter empatia, paciência e demonstrar preocupação, cuidado e afeto;
• Conversar com amigos e familiares da pessoa, mantendo-se ao lado dela para ajudar e apoiar;
Procurar entender os sentimentos da pessoa sem diminuir a importância deles;
• Não esperar a pessoa dizer que quer se matar para buscar ajuda. É preciso estar atento aos sinais de alerta e levar a situação a sério;
• Ligar para o Centro de Valorização da Vida (CVV) por meio do número 188, que funciona em todo território nacional e é gratuito;
• Ir atrás das unidades e profissionais da saúde;
• Participar de grupos de apoio.


Foto: Divulgação

O poder dos acessórios para montar um look


Um acessório pode mudar todo um visual, pois cada um passa uma mensagem diferente. Ele pode transformar um look básico num sofisticado, em segundos. Uma vez tive que ir a três comemorações distintas numa só noite. Um casamento, um jantar de negócios e uma festa de rua. Coloquei um vestido vermelho com um casaquinho bege com pedrarias para o casório. Tirei o casaquinho para ir ao restaurante. Terminada a refeição, tirei o sapato alto, calcei uma sandália e fui para a folia. Nas três ocasiões, estava bem apropriada e confortável. Assim, deixo algumas dicas, caso você também queira pequenas mudanças instantâneas na sua imagem:

. Use lenços, pois quando utilizados no pescoço, como echarpes, com o nozinho para frente ou para o lado, ficam um charme. Também, conforme o tamanho, podem virar xales que, além de agasalhar e dependendo do formato, podem dar um ar chique ou descolado. Um broche lindo ou delicado dá o arremate final.
. Cintos fazem toda diferença. Uma bela fivela deixa o visual mais marcante. Use cores vibrantes e tamanhos maiores para definir um estilo próprio. Os fininhos costumam ser bem chiques.
. As presilhas podem ajudar naqueles dias em que o cabelo está ruim. Num coque ou rabo de cavalo, podem deixar o cabelo ajeitado, disfarçando as imperfeições. Para a noite, os brilhantes dão um toque sofisticado.
. Colares grandes têm o dom de tirar o foco daquilo que está simples ou feio. Um colar poderoso põe moral no visual.
. A meia-calça tem o poder de deixar o look mais elegante ou divertido. Apostar em estampas e cores faz a diferença. A top influencer italiana Chiara Ferragni, está usando a arrastão com sandália alta. Ficou bonito.
. Batom vermelho também é um ótimo incremento. Você pode estar com o rosto limpo, mas se passar um batom vermelho, parece que está toda produzida.



Foto: Divulgação

Ela é pura coragem


Nossa heroína é a dinâmica jornalista e delegada de polícia aposentada, Verônica Azevedo, que não tem medo de nada. Já subiu o altíssimo Morro do Pico, em Fernando de Noronha, por de uma escada quebrada, sem qualquer dispositivo de segurança. Prendeu bandidos e dirigiu documentários. Criou um calendário de sucesso para ajudar as vítimas de câncer de mama (que ela também teve e venceu). Recente, fez o Caminho de Santiago a pé. Foi uma aventura que rendeu um livro delicioso de ler: “Caminhante nas Estrelas”, que também será lançado na Europa. Hoje se divide entre suas flores na casa em Aldeia, Pernambuco, e Aveiro, Portugal, onde o filho Mateus cursa Engenharia de Computação. Seu outro filho, Marcos, atua no ramo de venda de automóveis e é um grande companheiro. Ao lado de Álvaro, com quem é casada há 29 anos, ela veleja pelos mares e pela vida. Veronica é intensa. Seu próximo projeto é um período sabático na região ibérica, para descobrir mais sobre Economia Criativa e Minimalismo. Sua fórmula para vencer as dificuldades é andar com fé, pois ela não costuma falhar, seguindo seu guru Gilberto Gil. Ademais, canta com Chico Buarque: "Não se afobe não, que nada é pra já...". E é assim que a doce e confiante Veronica nos ensina a caminhar pela vida.



Foto: Divulgação

Dieta e sindrome dos ovários polistícios


A nutricionista Thay Miranda, especializada em Saúde da Mulher, explica que uma dieta low carb funcional é o tratamento mais indicado para quem possui a Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP). Este distúrbio endócrino, de causa desconhecida, que provoca alterações nos níveis hormonais, leva a formação de cistos nos ovários, além de diversos sintomas como: obesidade, menstruação irregular, infertilidade, hirsutismo (aparecimento de pelos em locais incomuns para mulheres), acne, síndrome metabólica, acanthosis nigricans, devido ao aumento da resistência à insulina, além de sintomas relacionados à Tensão Pré-menstrual.


Apesar de já ter sido bastante comum, o tratamento com anticoncepcionais e anti-diabéticos, não são mais recomendados hoje em dia. O que demonstra mais eficiência no controle dos sintomas é a modificação do estilo de vida como um todo, através de uma dieta balanceada e a prática de exercícios físicos, segundo ela. A ingestão de carboidratos deve representar até 30% do consumo energético do dia, através de raízes, tubérculos e frutas. Alimentos naturalmente ricos em gordura também devem fazer parte da rotina, tais como: azeite, gorduras vegetais, abacate, coco, castanhas, etc. O excesso de gorduras saturadas e de sódio pode provocar a piora de sintomas como retenção de líquidos e excesso de gordura no fígado. Alimentos processados, ultraprocessados e industrializados devem ser evitados, bem como os adoçantes, que ativam a insulina e podem provocar maior compulsão por doces. Já tinha notado que adoçante aumenta a fome, agora entendi que ele pode ativar a insulina. Assim, optar pela moderação é sempre mais sensato.



Foto: Divulgação

Quando a ansiedade atrapalha o relacionamento


Erros que uma pessoa ansiosa comete num relacionamento (Se você se identificar, mude, pois atrapalham demais qualquer relação):

. Sempre brigar por coisas que não existem, pois a cabeça do ansioso está sempre focada no pior que pode acontecer. Assim, acaba criando fatos que não existem.
. Analisa demais cada conversa, expressão ou reação, gerando ainda mais incertezas sobre a relação. Tem que relaxar.
. Imaginar que outra pessoa pode tomar o seu lugar. Ao se sentir substituível, a pessoa ansiosa sufoca o outro, na tentativa de querer saber se o sentimento do outro ainda existe. Invista na autoestima.
. A insegurança domina os pensamentos da pessoa ansiosa, que não consegue expressar, verdadeiramente, o que sente. Assim, solta palavras que magoam ou faz coisas que machucam, ao invés de ter uma conversa madura e esclarecedora.
. Evitar certas conversas, porque sabe que vai se estressar. Então, o que não foi conversado vira uma bola de neve e um dia explode. Tem que dialogar…




Foto: Divulgação

Dicas para manter os cabelos saudáveis

1. Tenha uma alimentação saudável e diversificada, intensificando a quantidade de vitamina A, essencial para o crescimento e manutenção da estrutura do cabelo e das glândulas sebáceas, que são as responsáveis por produzir o sebo que hidrata e protege o couro cabeludo: fígado, rim, nata, manteiga, leite integral, gema de ovo, queijo, peixes oleosos, manga, acerola, caju, melancia, goiaba vermelha, mamão, cajá, melão, damasco, tangerina e maracujá.
2. Antes de fazer escova ou chapinha, use cremes e silicones antitérmicos para proteger os fios. Inclusive, estes produtos deixam os fios mais arrumadinhos. Muito bons.
3. Corte as pontas do cabelo a cada quatro meses. Dizem que cortar na lua cheia enche a cabeleireira, na crescente faz crescer, na nova ele se fortalece e na minguante ele cai. Será? Pelo sim, pelo não, se ligue…
4. Proteja os cabelos do sol. Use chapéu, boné ou viseira com protetor solar.
5. Se possível, procure usar xampu sem sulfato, que é um detergente pesado, sendo a substância responsável pela espuma do shampoo. Ele deixa os fios muito ressecados e provoca danos aos cabelos.
6. Para não quebrar os fios, evite dormir com os cabelos molhados.
7. Cabelos oleosos: lave diariamente para retirar o excesso de sebo e evitar a queda.
8. Para fortalecer e hidratar os fios, passe babosa. Corte-a no meio e passe no cabelo. Deixe agir por 30 minutos. Lave normalmente.
9. Tome bastante líquido para manter os fios hidratados.
10. Ao lavar os cabelos, evite a água quente, que abre a cutícula dos fios e provoca ressecamento




Foto: Divulgação

As ecolhas da PHD em beleza


Se tem alguém que entende de beleza, esse alguém é a cirurgiã plástica e cirurgiã geral, dra. Glaucia Helena Zeferino. Ela é Phd em Cirurgia pela FMUSP, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, expert em estética e, portanto, suas preferências são envoltas por uma elegante harmonia. Muito orgulhosa do seu filho Lucas, ela acompanha o sucesso profissional dele, que já é gamer profissional aos 20 anos. Vamos saber, então, quais são suas sábias predileções:

. Filme que indica: O Peregrino
. Perfume que gosta de usar: Irresistiblem de Givenchi
. Comida predileta: Salmão
. Bebida preferida: Sucos
. Música favorita: Saigoi San - Jason Mraz
. Livro de cabeceira: Bíblia
. Qual é o grande sonho que já realizou? Ainda em planos
. Maior qualidade: Perseverança
. Um defeito: Impulsiva
. O que mais aprecia nos amigos? Lealdade
. O que mais lhe irrita? Inveja
. O que é felicidade? Viver o hoje
. Paisagem mais linda que já viu: Lugano, na Suiça
. Maior desejo: Ver meu filho um homem preparado para a vida e feliz
. Um lema: Aguardo uma Promessa
. O que gosta de fazer no tempo livre? Pintar
. Um desejo: Um amor
. Um conselho: Afaste-se de pessoas tóxicas
. Uma paixão: A dança
. O que é sucesso? Dar o seu melhor
. O que é ser leve? Ter paz
. O que é ser mulher? Exercer a feminilidade, habilidades, ser delicada como uma flor e um leão se necessário for, ser apoiadora.
Por: Claudia Molinna

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários