Ultimas noticias

6/recent/ticker-posts

banner no cabeçalho.

--ASSESSORIA E SUPORTE PUBLICITÁRIO PARA SUA EMPRESA E COMÉRCIO--


AKIAGORA

Clique na imagem e contate-nos


AKIAGORA

CASA DO AGRICULTOR

Representantes de enfermeiros falam em greve após suspensão de piso salarial


"Se for necessária paralisação, terá. Se for necessário greve, terá", afirmou Líbia Bellusci

POR ESTADAO CONTEUDO

ECONOMIA TRABALHADORES

Em um vídeo divulgado no Instagram neste domingo, 4, a coordenadora do Fórum Nacional da Enfermagem, Líbia Bellusci, falou sobre a possibilidade de paralisação e greve da categoria após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso suspender o piso salarial nacional da categoria. "Se for necessária paralisação, terá. Se for necessário greve, terá", afirmou. "Não será o STF que vai desqualificar e desconhecer a necessidade de um piso salarial digno".



Bellusci disse que as entidades que compõem o fórum e representam a categoria iriam se reunir neste domingo para debater o assunto. Destacou também que já existem conversas junto a parlamentares para pressionar o STF a mudar de posição.



Barroso já solicitou ao presidente da Corte, Luiz Fux, a inclusão do tema na pauta do plenário para análise de todos os ministros. A expectativa até o momento é que o assunto seja julgado no plenário virtual.



A lei estabeleceu R$ 4.750 como o piso salarial para enfermeiros, 70% disso para técnicos de enfermagem e 50%, para auxiliares de enfermagem e parteiras. Não há uma previsão clara sobre qual seria o impacto orçamentário para a implementação da medida, mas um estudo feito durante a tramitação na Câmara dos Deputados chegou a estimar em R$ 16 bilhões seus efeitos.

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários