Ultimas noticias

6/recent/ticker-posts

banner no cabeçalho.

--ASSESSORIA E SUPORTE PUBLICITÁRIO PARA SUA EMPRESA E COMÉRCIO--


AKIAGORA

Clique na imagem e contate-nos


AKIAGORA

CASA DO AGRICULTOR

SAÚDE Estudo alerta sobre vírus que já infectou 35 pessoas na China



Foto: Reprodução/Pixabay

Na última quinta-feira (4), um estudo científico chinês, publicado na revista de ciência médica The New England Journal of Medicine, alertou sobre a detecção de um novo vírus na China, chamado de Langya henipavirus (LayV). Até o momento, de acordo com o Centro de Controle de Doenças de Taiwan, 35 pessoas foram infectadas.


O agente patogênico faz parte da família henipavirus, que inclui o vírus Hendra e o Nipah - descoberto em Singapura e na Malásia em 1999, levando a óbito um terço dos 300 casos de infecção - . Ainda que alguns tipos de henipavirus já tenham sido identificados em roedores, musaranhos e morcegos, esta é a primeira vez que é detectado em humanos.




Dos 35 pacientes, 26 apresentam sintomas como tosse, cansaço, perda de apetite, náusea, febre, dores de cabeça e musculares, e irritabilidade. Por hora, a taxa de letalidade do vírus em pessoas é estimada entre 40% e 75%. Apesar disso, nenhum dos acometidos pelo agente patogênico se encontra em estado grave.


Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), o consumo de frutas e seus derivados, contaminados com saliva ou urina de morcegos frutíferos - que abrigam o vírus de forma natural -, é a fonte de infecção mais provável. Mesmo assim, 25 animais diferentes estão sendo investigados como possíveis portadores.


Cientistas creem na possibilidade de haver transmissão entre humanos, embora ainda não existam indícios de contato próximo entre os infectados. A OMS incluiu o LayV na lista de vírus com potencial pandêmico.
Por: Helô Vasconcelos

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários