Ultimas noticias

6/recent/ticker-posts

banner no cabeçalho.

--ASSESSORIA E SUPORTE PUBLICITÁRIO PARA SUA EMPRESA E COMÉRCIO--


AKIAGORA

Clique na imagem e contate-nos


AKIAGORA

CASA DO AGRICULTOR

ELEIÇÕES 2022 Ministério da Defesa pede acesso 'urgentíssimo' ao código-fonte das urnas



foto: Pixabay/Reprodução

O ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, pediu, nesta terça-feira (2), que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibilize o código-fonte das urnas eletrônicas. O ofício solicita acesso “urgentíssimo”.

O documento está endereçado ao ministro Edson Fachin, presidente do TSE. O prazo estipulado por Nogueira para o recebimento do código é de 2 a 12 de agosto.


Segundo o texto, o pedido faz parte de demandas do ministério para fiscalização e auditorias nas urnas.


“Solicito à Vossa Excelência a disponibilização dos códigos-fontes dos sistemas eleitorais, mais especificamente do Sistema de Apuração (SA), do Sistema de Votação (Vota), do Sistema de Logs de aplicações SA e Vota e do Sistema de Totalização (SisTot), que serão utilizados no processo eleitoral de 2022”, diz o documento.


O acesso aos códigos-fonte do sistema eleitoral é liberado para partidos políticos, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e para o Ministério Público (MP) 180 dias antes da eleição.


Em 2021, o acesso aos códigos-fonte foi aberto em outubro para todas as entidades cadastradas.


As Forças Armadas, compreendidas pelo Ministério da Defesa, estão entre elas.
Com o acesso aberto, é possivel testar a tecnologia usada durante as eleições. Podendo assim, achar possíveis falhas e sugerir correções.


Segundo o TSE, durante o período de abertura de códigos, a fiscalização dos sistemas pode ser realizada da seguinte forma:

Uso de ferramentas de análise de código de mercado. Duas ferramentas são disponibilizadas pelo TSE: Understanding C e Source Navigator;
Os representantes podem solicitar melhorias, tirar dúvidas, ou conversar com a equipe técnica.
Por: Ana Mendonça - Estado de Minas

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários