Ultimas noticias

6/recent/ticker-posts

banner no cabeçalho.

--ASSESSORIA E SUPORTE PUBLICITÁRIO PARA SUA EMPRESA E COMÉRCIO--


AKIAGORA

Clique na imagem e contate-nos


AKIAGORA

CASA DO AGRICULTOR

VARÍOLA DO MACACO : GDF confirma mais dois casos e transmissão comunitária



Foto: iStock

Mais dois diagnósticos positivos para a Monkeypox, mais conhecida como a varíola dos macacos, foram confirmados no Distrito Federal na noite desta segunda-feira (18). De acordo com a Secretaria de Saúde (SES-DF) os casos positivos foram detectados por exames laboratoriais da rede particular.



Por isso, as duas amostras serão encaminhadas para validação junto ao laboratório de referência nacional do Ministério da Saúde. A pasta responsável concluiu que há transmissão comunitária no Distrito Federal, pois os pacientes são de Águas Claras, Ceilândia, Itapoã, Plano Piloto, Park Way, São Sebastião, Vicente Pires e Riacho Fundo II.


Assim, somando os casos confirmados pelo laboratório de referência nacional (5), os casos confirmados por laboratórios privados (6) e o caso identificado por meio de busca de contatos (1), o DF possui, ao todo, 12 casos da Monkeypox.


Até o momento existem 14 casos suspeitos em investigação. Além destes dois casos, a Secretaria também registrou mais um diagnóstico provável da varíola, de um paciente identificado por meio de busca de contatos, que não possui mais lesões viáveis para confirmação laboratorial.


Outros casos


Mais cinco casos positivos para a varíola dos macacos foram confirmados no Distrito Federal na noite de sexta-feira (15). De acordo com SES-DF, quatro dos cinco diagnósticos foram comprovados pelo Ministério da Saúde.


Isso porque quatro casos suspeitos foram analisados por um laboratório da rede particular do Distrito Federal e somente um foi testado no laboratório de referência nacional. Os quatro resultados da rede particular foram encaminhados para validação junto ao laboratório de referência nacional do Ministério da Saúde.
Por: Rafaela Martis - Correio Braziliense

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários