Pesquise aqui.

A maior velocidade!

O PERDÃO


O PERDÃO

O mundo criado por Deus é tão grande e infinitamente imensurável que nós, seres humanos, nada representamos perante a sua grandiosidade.
Apesar de criados puros, ficamos expostos aos pecados que nos rondam e isto nos faz infratores das leis de Deus a cada momento de nossas vidas. No entanto, Deus, em sua grandiosidade, prontamente nos alivia quando nos curvamos, nos arrependemos do pecado cometido e pedimos perdão. Porque nós, meros seres terrestres, não podemos ser um pouco humildes e nos sujeitarmos ao perdão?
O fardo do pecado é o peso da nossa consciência. Quando causamos algum mal ao nosso irmão ou a qualquer ser vivente da natureza, este pode sofrer tanto as consequências físicas quanto as psicológicas, que podem ser chamadas de dor espiritual. Quando perdoamos ou somos perdoados, a nossa consciência se torna leve e tranquila.
O alívio do pecado é o perdão. Este faz bem tanto para quem o pede quanto para quem o recebe. A consciência sem traumas e o espírito sem mágoas vivem sempre em paz com Deus.
Não devemos somente pedir perdão a Deus pelos nossos pecados, devemos também nos colocar perante aos nossos ofensores e ofendidos perdoando e pedindo perdão, pois a vingança é a principal inimiga do perdão e trabalha na contramão da harmonia do mundo.
Diz a oração que Deus nos ensinou:
- Perdoai os nossos pecados, assim como perdoamos a quem tem nos ofendido.
Amém!

Paulo Freitas
▲ Ir para Topo