Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Médicos do SUS em greve?


Médicos fazem protestos e suspendem atendimento ao SUS nesta terça-feira


Na próxima terça-feira (25), médicos de todo o país prometem ir às ruas e suspender atendimentos para protestar contra a baixa remuneração e as más condições de trabalho e de assistência oferecidas na rede pública de saúde.
O movimento é coordenado pela Comissão Pró-SUS, composta por representantes do Conselho Federal de 
Medicina (CFM), da Associação Médica Brasileira (AMB) e da Federação Nacional dos Médicos (Fenam). A ideia é chamar a atenção das autoridades e da população para os problemas que afetam o setor.
“Com a mobilização queremos chamar a atenção das autoridades para a necessidade de mais recursos para a saúde, melhor remuneração para os profissionais e melhor assistência à população”, afirma o coordenador da Comissão Pró-SUS do CFM Aloísio Tibiriçá Miranda.
Em 19 Estados (Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Sergipe e Piauí) foi confirmada a suspensão dos atendimentos eletivos (consultas, exames e outros procedimentos) durante todo o dia, sendo que, no último, a paralisação deve se prolongar por 71 horas.

Nos locais em que se optou pela paralisação, serão suspensos os atendimentos eletivos (consultas, exames, cirurgias e outros procedimentos). No entanto, ficará assegurado o trabalho nas unidades de urgência e emergência.noticias.uol

Ao longo do dia, será realizada a campanha “Médicos dão sangue pelo SUS”, onde uma grande mobilização será promovida no Parque da Jaqueira, com doação de sangue. Um posto do Hemope estará montado no local, das 8h às 17h. As principais reinvidicações da categoria em Pernambuco são o financiamento adequado da saúde, pela carreira de estado para o Médico e contra a privatização no serviço público.folhape

▲ Ir para Topo