Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Gravatá terá Escola Técnica e obras avançam...

Parceria da Prefeitura com o Governo do Estado. Investimento de 5,3 milhões de reais,
Com pouco mais de seis meses desde que a obra iniciou, a Escola Técnica de Gravatá ganha formas e a estrutura cresce em ritmo acelerado. Prevista para ser entregue dia 15 de janeiro, a escola está com parte do laboratório erguido, salas de aula e o auditório com as paredes levantadas. São 80 homens trabalhando durante o dia e a partir do próximo mês o turno será dobrado e mão de obra contratada.
A Escola Técnica é uma parceria da Prefeitura com o Governo do Estado. De acordo com o projeto arquitetônico o prédio terá quase 5 mil m² com 12 salas de aula, biblioteca, laboratórios de informática, química, biologia, física e matemática, além de quadra de esportes coberta, vestiários, estacionamento e anfiteatro. Todos os corredores serão interligados sem que nenhum aluno ou professor fique sob o sol ou chuva. 

Segundo João Francisco, um dos engenheiros responsáveis pela obra, o andamento dos serviços está dentro do previsto. “Do jeito que está indo em fevereiro os alunos poderão estudar aqui”, disse. Ele ainda informou que em outubro o turno de trabalho será dobrado. “Vamos colocar homens à noite também, serão duas equipes alternando na durante o dia e a noite”, completou.

Há mais de 10 anos que não se construía uma unidade de ensino em Gravatá. “Alguns duvidaram desta obra, e hoje estamos vendo o ritmo acelerado em que se encontra. Minha felicidade é saber que o jovem de Gravatá não vai mais precisar sair da terra dele para fazer um bom curso técnico”, ressaltou Ozano. Além de garantir mais ensino de qualidade para Gravatá, a escola já começa a dar resultados através dos empregos gerados com a obra. “Eu estava trabalhando como entregador de gás, clandestino, mas hoje estou de carteira assinada”, falou Rodrigo Maximiliano, servente de pedreiro há quatro meses na obra.


▲ Ir para Topo