Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Réu do caso Amanda pega 30 anos e 6 meses de prisão por estupro, assassinato e ocultação de cadáver.

O juiz Pedro Odilon de Alencar Luz decretou a condenação de Thiago Tavares de Alencar a 30 anos e seis meses de prisão por estupro, assassinato e ocultação de cadáver. Thiago é acusado de participar da morte da adolescente Amanda Beatriz Silva de Oliveira, que tinha 16 anos, em 2007, junto com Geison Duarte da Silva.
O outro acusado já havia sido julgado em 2009 e condenado a 35 anos de reclusão. A defesa de Thiago promete recorrer da decisão, mas o juiz vai analisar se tem fundamento, ou não. Thiago terá que passar 61 meses (1/6 da pena) em regime fechado.
▲ Ir para Topo