Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Solidariedade:Pernambuco lança campanha para estimular doação de órgãos.

  
Mais de 3 mil pernambucanos integram atualmente uma lista de espera para a realização de transplantes. Por essa razão, a partir de hoje (16), a Secretaria de Saúde do estado promove uma campanha de incentivo à doação de órgãos, com foco nos profissionais de saúde.
O objetivo é sensibilizar médicos e enfermeiros sobre o papel de cada um no processo. De acordo com a secretaria, os profissionais têm importância fundamental no diagnóstico de morte encefálica, nos cuidados com o potencial doador e no acolhimento de parentes.
Para se tornar um doador, a pessoa deve comunicar essa vontade à família, já que a legislação brasileira prevê que a doação seja consentida por um familiar de até 2º grau. A Secretaria de Saúde ressaltou que a principal dificuldade para o aumento do número de doadores é exatamente o baixo nível de informação sobre o assunto.
Desde 1994, quando foi criada a Central de Transplantes de Pernambuco (CTPE), foram realizados 8.749 transplantes no estado.  Em relação à lista de espera, entretanto, o número ainda é insuficiente. A espera por um rim é a mais extensa – 1.600 pessoas aguardam por um transplante no estado. Já os pacientes que precisam de um fígado, 164 no total, são os que mais preocupam, em razão da gravidade do quadro de saúde. Há ainda 1.300 pessoas que precisam de doação de córnea e oito na fila por um coração.

Fonte: Agência Brasil
▲ Ir para Topo