Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Governistas aprovam aumento da PM. Oposição abandona votação em protesto.

Os deputados de oposição na Assembleia Legislativa abandonaram o plenário em protesto contra a votação do projeto de lei que aumenta os salários da PM. Eles acabaram recebendo aplausos dos oficiais que participavam da votação, nas galerias.
O líder da oposição, Antônio Moraes, explicou  que conduziu o encaminhamento da votação nesta linha porque os deputados de oposição não tiveram tempo de se inteirar dos detalhes do projeto. A oposiçao reclama de um rolo compressor dos socialistas.
O projeto foi votado e aprovado.
O projeto não agrada a corporação, mas foi finalizado em entendimento com a cúpula da SDS e o comando da PM.
O projeto chegou na Assembleia Legislativa na semana passada e a previsão do governo era aprová-lo até a  quarta-feira.
Com o reajuste previsto nos salários do pessoal da Polícia Militar, O menor salário da corporação – o dos soldados – passa de R$ 1881,00 para R$ 2.100,00. Os PM gostariam de receber R$ 2,4 mil, sem grarificações
Os efeitos passam a valer a partir de 1 de Julho deste ano.
Segundo o governo do Estado, com a elevação agora em 2011, Pernambuco, que tinha a 12º maior remuneração para soldados, passa a ter a 5ª maior e a segunda do Nordeste.
Para 2012 fica definido o valor de R$ 2.276,00 como menor contracheque da PM, enquanto em 2013 passará para R$ 2.461,70.
O pico do reajuste se dará em 2014, quando a remuneração do soldado da PM passará a ser R$ 2.819,88, afora as verbas por jornada extra PJES.
Ainda segundo o governo do Estado, tal proposta salarial, pela sua expressão, foi uma das medidas adotadas pelo Governo de Pernambuco para fortalecer o Pacto Pela Vida no seu aniversário de quatro anos, além de aumentar a verba para o prêmio de defesa social, que aumentou de R$ 27 para R$ 40 milhões e será pago semestralmente e da reestruturação e garantia do BÔNUS para apreensão de drogas e por cumprimento de mandado de prisão.


ne10
▲ Ir para Topo