Pesquise aqui.

A maior velocidade!

A foto mais cara do mundo foi feita por uma mulher.

      

 a foto acima é a mais cara do mundo. Trata-se de um autorretrato de Cindy Sherman, chamado “Sem título #96″, vendido na semana passada por US$ 3,89 milhões. Amiguinho, é isso mesmo: quase QUATRO MILHÕES DE DÓLARES.  Philippe Segalot a arrematou na famosa casa de leilão Christie’s. O recorde anterior foi uma imagem de Andreas Gursky, vendida por US$ 3,35 milhões. Coisa pouca. A própria Cindy já teve outra obra sua, a “Sem título #135″, arrematada por US$ 2,7 milhões no ano passado.
E por que essa senhorita deitada é merecedora do mais alto valor já gasto com uma fotografia no mundo? A fotógrafa é nova – tem 57 anos, e trabalha em série. Em cada um dos autorretratos (parte importante de sua produção), ela desempenha um tipo – não de uma pessoa real, mas de um estereótipo fabricado pela mídia (cinema, TV, revistas). Vai do arquétipo da dona de casa à prostituta, passando pela mulher frágil em perigo, aquela que sofre e chora, a dançarina, a atriz… Como um camaleão, ela assume todas as funções necessárias: de maquiadora a modelo, além, é claro, fotógrafa.
Considerando que no próximo ano o Museu de Arte Moderna de Nova York fará uma retrospectiva da fotógrafa, o novo proprietário da foto terá feito um grande negócio.
colunas.epoca 
▲ Ir para Topo