Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Exportações superam importações em US$ 2,46 bi na 1ª quinzena de maio.

Vendas externas somaram US$ 11,056 bi e, as compras, US$ 8,596 bi.
No acumulado do ano, balança tem saldo positivo de US$ 7,489 bilhões.

A balança comercial brasileira registrou superávit (exportações maiores do que as importações) de US$ 2,46 bilhões nas duas primeiras semanas de maio, do dia 1 ao 15, divulgou nesta segunda-feira (16) o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

As exportações somaram, no período com dez dias úteis, US$ 11,056 bilhões e, as importações, US$ 8,596 bilhões.
A média diária do saldo no mês está 49,8% superior a de maio de 2010 (US$ 164,2 milhões) e 150,9% maior que a de abril deste ano (US$ 98,1 milhões).
A  média diária nas exportações no período foi de US$ 1,105 bilhão, valor 31,2% superior a de maio de 2010 (US$ 843 milhões). Em relação à média diária de abril deste ano (US$ 1,061 bilhão), houve aumento de 4,1% nas exportações.

Segunda semana do mês

Somente na segunda semana do mês, com cinco dias úteis (do dia 9 ao 15), houve superávit comercial de US$ 1,491 bilhão, com média diária de US$ 298,2 milhões.
As exportações, no período, foram de US$ 5,766 bilhões, com média diária de US$ 1,153 bilhão. As importações, na segunda semana de maio, chegaram a US$ 4,275 bilhões, com um resultado médio diário de US$ 855 milhões.
No acumulado deste ano (91 dias úteis), a balança comercial registra, até o dia 15, saldo positivo de US$ 7,489 bilhões, com média diária de US$ 82,3 milhões. As exportações foram de US$ 82,461 bilhões e, as importações, de US$ 74,972 bilhões.
No mesmo período de 2010, o superávit foi de US$ 3,634 bilhões, com média de US$ 39,9 milhões. Pela média, houve aumento de 106,1% no comparativo entre os dois períodos. A corrente de comércio somou US$ 157,433 bilhões, com média diária de US$ 1,73 bilhão. O valor é 29,2% maior que a média do mesmo período no ano passado (US$ 1,339 bilhão), diz o ministério.
g1.globo
▲ Ir para Topo