Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Paulista: Lixão da Mirueira será tratado a partir da próxima semana.

                            

E-mail

Após 45 dias, o projeto de recuperação do antigo Lixão da Mirueira foi autorizado pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH). Com essa liberação, a Prefeitura de Paulista deve começar as ações de cobertura do lixo, drenagem do local, implantação da lagoa para depósito de chorume e o controle dos resíduos.
Atualmente, os resíduos da cidade são transportados para um aterro sanitário que fica no bairro de Candeias, Jaboatão do Guararapes. Em 2009, o lixão foi fechado e a entrada de materiais foi proibida. A operação deve começar na próxima semana, no entanto, a prefeitura não tem um prazo para a conclusão do serviço.

Como o depósito fica em uma área urbana, vários bairros e até o centro da cidade estavam sendo prejudicados pelo mau cheiro. O objetivo do projeto é requalificar o local para que possa ser usado para o lazer, sendo construídas praças ou quadras esportivas. Além de evitar o acúmulo de resíduos e a contaminação do lençol freático por conta do chorume, que contém material orgânico e uma carga de materiais pesados como o metano. Cerca de 200 catadores que trabalhavam no lixão foram cadastrados pela prefeitura e abriram uma cooperativa para a reciclagem de plástico, papel e outros tipos de materiais.
Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Geraldo Miranda, Paulista é a primeira cidade do Estado a se organizar para cumprir a Lei 12.305 de Política Nacional de Resíduos Sólidos, que vigora desde agosto do ano passado. "Temos que fazer essa limpeza com o propósito de evitar que os agentes de contaminação cheguem à natureza sem tratamento, trazendo riscos a saúde da população não só de Paulista, mas de toda a Região Metropolitana do Recife", pontuou.

Conscientização
Na manhã desta sexta-feira (29), a Secretaria de Serviços Públicos de Paulista deu início a uma campanha para o Combate ao Destino Inadequado do Lixo. A ação consiste em envolver a sociedade na política municipal de erradicação dos pontos críticos e preservação do meio ambiente. O material impresso traz dados sobre os dias e horários de coleta, dicas sobre a separação do lixo orgânico e reciclável e o número de telefone com discagem gratuita para que a população possa fazer queixas e sugestões a respeito da limpeza urbana.
folhape
▲ Ir para Topo