Ultimas noticias

6/recent/ticker-posts
Aqui a notícia é prioridade


AKIAGORA

CLIQUE E VISITE NOSSOS PARCEIROS


AKIAGORA

AKIAGORA



AKIAGORA

Veja a melhor forma de utilizar a restituição do IR

 O pagamento do quinto e último lote de restituições do Imposto de Renda, programado para acontecer na próxima sexta-feira (30), deve contemplar 1.220.501 contribuintes, que receberão R$ 1,9 bilhão no total. Esse dinheiro extra que entrou nas contas dos beneficiários pode ser utilizado para desafogar as contas, para pagar dívidas ou mesmo gerar rendimentos através dos investimentos corretos. 

De acordo com o especialista em mercado financeiro e líder regional da XP Investimentos em Pernambuco, Paulo Pereira Filho, o ideal é que se utilize o dinheiro, primeiro, para colocar as contas em dia e só depois partir para os investimentos. Como uma oportunidade de organizar as finanças, escapar da cobrança de juros, e ainda conseguir, posteriormente, rendimentos adicionais através das aplicações, principalmente por conta do atual cenário da selic, em 13,75%. 

“No entanto, quando o assunto é investimentos, a alta da taxa básica de juros proporciona um bom momento para diversas opções que rendem de acordo com essa taxa. Uma dessas alternativas é a renda fixa como um todo, que conta com remunerações bem atrativas”, comenta o líder. “Investidores com um o perfil mais conservador podem avaliar a aplicação em ativos pós-fixados, que se beneficiam da alta na Selic. Já os mais abertos a riscos podem optar por ativos como ações, fundos imobiliários, fundos alternativos e também operações estruturadas”, explica Paulo Pereira. 

Geralmente, as pessoas costumam guardar valores em produtos como a poupança, o que gera rendimentos abaixo da inflação, perdendo o poder de compra. Por isso, de acordo com o especialista, é fundamental que se aplique o dinheiro em opções que corrijam a inflação, buscando um ganho real. “Independentemente do tipo de perfil, e produto escolhido, é importante acompanhar o cenário e fazer investimentos que compensem a inflação”, afirma.

Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários