Ultimas noticias

6/recent/ticker-posts

banner no cabeçalho.

---------------------------------CLIQUE NO BANNER E FALE CONOSCO EM NOSSO WHATSAPP--------------------------------------


AKIAGORA

Clique na imagem e contate-nos


AKIAGORA

CASA DO AGRICULTOR

Governo de Pernambuco proíbe festas de Natal e réveillon para tentar conter avanço da covid-19

 



Além da proibição das festas de Natal e réveillon, governo também anunciou a abertura de mais leitos destinados a pacientes da covid-19

O secretário estadual de Saúde, André Longo, anunciou, nesta segunda-feira (7), a proibição de shows, festas e similares, independentemente do número de participantes, a partir desta terça-feira (8). Em pronunciamento, Longo também afirmou que estão proibidos eventos de Natal e réveillon particulares. As decisões são válidas para todo o território de Pernambuco e visam frear o avanço da covid-19, que voltou a crescer no estado. 

“Com base no atual momento epidemiológico, estamos proibindo a realização de shows e festas de Natal e réveillon, incluindo os realizados em espaços públicos, condomínios, clubes, hotéis e estabelecimentos afins, com ou sem cobrança de ingresso”, anunciou o secretário. 

Decreto estadual entra em vigor nesta terça-feira (8), quando será publicado no Diário Oficial. “O Governo do Estado está publicando, amanhã, um novo decreto, válido para todo o território de Pernambuco, com proibição de shows, festas e similares, com ou sem cobrança de ingressos, independente do número de participantes, com exceção de casamentos, formaturas e eventos sociais similares, desde que cumpridos os protocolos”, disse.

O secretário afirmou que as medidas de fiscalização serão intensificadas para coibir as situações de descumprimento dos protocolos e também para conscientizar a população. "Se continuarmos a ver a recorrência do descumprimento de protocolos, ações mais severas poderão ser adotadas nesses setores de lazer e entretenimento nos próximos dias e semanas", ameaçou Longo.

Novos leitos

André Longo também anunciou a abertura de mais leitos destinados a pacientes da covid-19. "Diante do aumento das taxas de ocupação, também estamos trabalhando para abrir novos leitos. Em menos de um mês, reativamos 150 leitos, os últimos 20 foram abertos hoje, na Maternidade Brites de Albuquerque. Continuamos nesse grande esforço de mobilização de insumos, recursos humanos, para abertura de novas vagas para garantir a assistência à população", comentou. 

O secretário pediu o apoio da população para que respeite as medidas de distanciamento social, higienização das mãos e uso de máscara. "Ninguém quer passar por momentos de maior dificuldade, pelo pior, outra vez. Nossas escolhas e atos nos próximos dais serão determinantes para preservamos vidas e para não sobrecarregarmos ainda mais nossa rede de assistência à saúde no estado", finalizou. 

Além do secretário de Saúde, André Longo, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, também participou do pronunciamento. Confira o anúncio completo: 

Covid-19 em Pernambuco 

No boletim divulgado nesta segunda-feira (7), Pernambuco confirmou mais 746 casos da covid-19. Entre os confirmados no boletim atualizado da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), 27 (3,6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 719 (96,4%) são leves. Com essa atualização, o estado totaliza 191.161 casos confirmados da doença, sendo 28.303 graves e 162.858 leves.

A SES-PE também divulgou a confirmação de novas 22 mortes, ocorridas entre os dias 06 de novembro e 06 de dezembro. Com isso, Pernambuco totaliza 9.170 mortes pelo coronavírus.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
- Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
- Evitar contato próximo com pessoas doentes.
- Ficar em casa quando estiver doente.
- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
- Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
- Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

fonte


Comente com o Facebook:

Postar um comentário

0 Comentários