---------------------------------------------------------

*******Clique na imagem e visite os melhores do ano em Gravatá.*******

Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Vem pra cá e saia montado.

DECACAMPEÃO! Palmeiras vence o Vasco e conquista o décimo título brasileiro



Alviverde derrotou a equipe cruzmaltina em São Januário e confirmou o título do Campeonato Brasileiro de 2018 com uma rodada de antecedência



O Palmeiras é campeão brasileiro de 2018! A equipe comandada por Felipão venceu o Vasco da Gama, neste domingo, em São Januário, por 1 a 0, pela penúltima rodada do Brasileirão, e não pode mais ser alcançada pelo Flamengo, que venceu o Cruzeiro por 2 a 0, no Mineirão. Os paulistas, desta forma, se sagram decacampeões da principal competição nacional.

O gol da vitória do Palmeiras sobre o Vasco foi marcado por Deyverson, um dos principais personagens do elenco palmeirense em 2018, aos 26 minutos da etapa final após passe de Willian, que, por sua vez, recebeu lançamento de Dudu, melhor jogador da competição. No jogo do outro time que entrou na rodada com possibilidades de gritar campeão, Éverton Ribeiro fez dois golaços e levou o Flamengo à vitória sobre o Cruzeiro.

Além de chegar aos 77 pontos, cinco à frente do rubro-negro carioca com apenas uma rodada a jogar, o escrete paulista alcança ainda a incrível marca de 22 jogos de invencibilidade. Na última rodada, poderá comemorar diante da sua torcida e tentar fechar com chave de ouro a competição, contra o Vitória, que pode entrar em campo já rebaixado à Série B.
Além da conquista de 2018, o Palmeiras levou pra casa também os Campeonatos Brasileiros de 1960, 1967 duas vezes, 1969, 1972, 1973, 1993, 1994 e 2016. Felipão, que chegou ao time no fim do primeiro turno, mantém a média de pelo menos um título em todas as vezes que comandou a equipe alviverde.


Em casa e com o apoio da torcida, o Vasco tentou pressionar logo no início, mas a primeira chance foi palmeirense, aos sete minutos. Mayke cruzou, Leandro Castán tentou cortar e mandou contra o próprio gol, mas Fernando Miguel defendeu.

Aos dez, o Vasco bateu falta rapidamente e Andrey arriscou de fora da área para boa defesa de Weverton. Um minuto depois, Maxi López dominou, ajeitou rapidamente em direção a Pikachu, mas o lateral não conseguiu finalizar e Luan afastou.

Em rápido contra-ataque aos 14 minutos, a bola foi tocada para Pikachu, que bateu cruzado e viu Weverton fazer bela defesa. Na sequência, Felipe Melo afastou. Cinco minutos mais tarde, Pikachu cobrou escanteio e Andrey finalizou sozinho, mas mandou à esquerda.

A última chance da etapa inicial foi alviverde. Bruno Henrique bateu de fora da área e assustou Fernando Miguel.

No segundo tempo, o Palmeiras subiu a marcação, mas criou a primeira chance somente aos sete minutos. Mayke cruzou da direita e Dudu finalizou de primeira, mas pegou mal e mandou direto pra fora.

A equipe comandada por Felipão continuou na pressão, mas ainda assim não assustava Fernando Miguel. Aos 26 minutos, no entanto, isso mudou. Dudu acertou belo passe para Willian, que ajeitou para Deyverson, que desviou para o fundo do gol.

Totalmente cansados, os jogadores do Vasco não conseguiram atacar e pareceram sentir o gol palmeirense e a festa que a torcida alviverde passou a fazer em São Januário.

Aos 47, para complicar ainda mais, Yago Pikachu foi expulso após reclamar muito com o árbitro. Aos 50, o árbitro encerrou a partida, para festa do Palmeiras, que venceu e conquistou o décimo título brasileiro de sua história.
O Flamengo começou melhor e logo aos sete minutos, em jogada individual de Éverton Ribeiro, abriu o placar. O camisa 7 recebeu de William Arão, deu um drible desconcertante em Egídio, passando a bola debaixo das pernas do lateral, e bateu alto, quase no ângulo, sem chances para Fábio.
O Cruzeiro tentou pressionar nos minutos seguintes e, após reclamar pênalti em Arrascaeta, quase empatou em chute cruzado de Robinho, aos 21 minutos. O rubro-negro respondeu aos 27 em lance de Vitinho, que pedalou e cruzou, mas ninguém conseguiu desviar e Fábio cortou.
Com 34 minutos de bola rolando, o time cruzeirense lançou bola na área, Dedé escorou e abriu para Fred. O atacante ajeitou para Thiago Neves, que bateu bem, mas viu César encaixar.
A última chance do primeiro tempo foi aos 45 e com o autor do gol. Éverton Ribeiro recebeu de Léo Duarte e tentou cruzamento. A bola pegou efeito e o goleiro Fábio conseguiu desviar.
Logo no início do segundo tempo, o Cruzeiro tentou o empate em jogada que envolveu Lucas Romero e Thiago Neves, mas após bate e rebate dentro da área a bola ficou com César.
E assim como no início da etapa inicial, Éverton Ribeiro ampliou a vantagem flamenguista. A equipe rubro-negra roubou a bola no ataque e ela sobrou para o camisa 7, que dominou, ajeitou o corpo e bateu firme, no canto direito e sem chances para Fábio.
Após o segundo gol do Flamengo, a partida ficou muito disputada, mas com poucas chances criadas. Somente aos 32 o Cruzeiro chegou próximo de diminuir. Após boa jogada trabalhada, a bola ficou sobrando na área, e David finalizou, mas Pará conseguiu salvar em cima da linha. Na sequência, Egídio finalizou e Rhodolfo salvou.

Aos 48 minutos, o árbitro encerrou a partida no Mineirão com vitória do Flamengo, que, apesar da vitória, chegou aos 72 pontos e não pode mais alcançar o Palmeiras , que foi à 77.

Clique e visite as melhores empresas de Gravatá..


▲ Ir para Topo