Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Forte terremoto atinge o leste da Turquia.

Um terremoto de 7,2 graus de magnitude atingiu o leste da Turquia neste domingo, de acordo com o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). O governo confirmou que 138 pessoas morreram e outras 350 ficaram feridas. Autoridades estimaram que o número de vítimas pode chegar a mil.
Segundo a TV estatal, o tremor deixou 59 mortos na cidade de Ercis, 25 na cidade de Van e um na cidade de Bitlis.
"Estimamos entre 500 e mil mortos", afirmou Mustafa Erdick, chefe do observatório Kandili, a agência sismográfica da Turquia.
Segundo ele, a estimativa é feita com base na estrutura das casas e na força do terremoto, que teve epicentro no vilarejo de Tabanli, na província de Van, perto da fronteira com o Irã.
Erdick afirmou que o tremor ocorreu "muito perto da superfície", a apenas 5 km de profundidade. Por isso, foi sentido como um terremoto de 8 ou 9 graus de magnitude.

"Há muitos mortos. Vários prédios caíram e a destruição é enorme", disse o prefeiro de Ercis, Zulfikar Arapoglu. "Precisamos de ajuda urgente. Precisamos de médicos."
O tremor destruiu cerca de 80 prédios em Ercis e outros 10 em Van, onde moradores apavorados deixaram suas casas enquanto equipes de resgate e voluntários tentavam encontrar sobreviventes entre escombros.
Danos e feridos também foram registrados em Celebibag, um distrito próximo a Ercis. "Muitas pessoas estão presas em destroços", disse o prefeito Veysel Keser. "Podemos ouvir seus gritos por ajuda. É um desastre."
Inicialmente o USGS tinha afirmado que o terremoto era de 7,3 graus. O centro de monitoramento turco, porém, estimou a magnitude do tremor em 6,6 graus. Ambas as agências disseram que o terremoto ocorreu às 13h41 no horário local (8h41 de Brasília).
Pequenos terremotos são um acontecimento quase diário na Turquia. Dois grandes terremotos em 1999 deixaram mais de 20 mil mortos no noroeste do país. Em maio deste ano, um tremor deixou dois mortos e 79 feridos em Simav, também no noroeste.
ultimosegundo
▲ Ir para Topo