Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Dirigentes partidários discutem mudanças no sistema eleitoral



O sistema eleitoral brasileiro é ruim e precisa ser reformado, segundo conclusão de dirigentes partidários em debate no Fórum Nacional, organizado pelo economista João Paulo dos Reis Velloso, hoje, no Rio. Sobre a reforma política, mais uma vez, foram apontadas dificuldades para sua concretização. Segundo a Folha Online, participaram do encontro os presidentes do PT, Rui Falcão, do DEM, Agripino Maia, e do PPS, Roberto Freire, além de João Almeida, vice-presidente do PSDB, e Marcelo Castro, presidente do PMDB do Piauí.
Castro também é da Comissão Especial da Reforma Política da Câmara dos Deputados. Apesar das diferenças partidárias, em comum está a critica ao atual sistema eleitoral brasileiro. 'O nosso sistema eleitoral é uma tragédia total, é a lambança brasileira', disse Almeida. Castro resumiu o problema: o sistema de eleição dos deputados no Brasil não segue nem o modelo proporcional de lista fechada, em que eleitores votam num partido, nem o distrital, em que cada deputado é eleito de maneira majoritária no seu distrito.
fonte
▲ Ir para Topo