Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Com gosto amargo da eliminação na Copa, Brasil enfrenta Holanda.


Rio de Janeiro - De olho na Copa América, a seleção brasileira jogará hoje sábado, em Goiânia, no estádio Serra Dourada, um amistoso contra a Holanda com a amarga eliminação da Copa do Mundo de 2010 na memória.
O elenco brasileiro não quer falar na palavra "revanche", mas cerca da metade dos titulares que jogará neste sábado estava em campo na maldita partida das quartas de final, na qual a Holanda bateu a seleção de Dunga por 2 a 1.
O técnico Mano Menezes é quem mais quer afastar a lembrança e quem mais se preocupa em montar um time competitivo para a estreia na Copa América.
Sem poder contar com Alexandre Pato, que estava lesionado, Mano escalará o atacante Robinho e muito provavelmente, Neymar, que jogou apenas três amistosos com a seleção.
As maiores dúvidas para Mano Menezes estão no meio-campo. Nos treinamentos, testou Elias, do Atlético de Madri, Jadson, do Shaktar Donetsk, e Anderson, do Manchester United.
Pelo menos, as estatísticas dos jogos em casa estão a favor: a seleção brasileira não perde há nove anos ou 20 partidas atuando em seu território. O time canarinho não sabe o que é uma derrota desde o dia 21 de agosto de 2002, quando perdeu para o Paraguai por 1 a 0, em Fortaleza.
O técnico holandês, Bert van Marwijk, terá dificuldades para compor o quebra-cabeça da escalação de sua equipe, pela ausência de jogadores como Wesley Sneijder, Mark van Bommel e Rafael van der Vaart.
Os vice-campeões do mundo não poderão contar também com seu goleiro titular, Maarten Stekelenburg, que está contundido. Portanto, provavelmente quem estreará no gol holandês será Tim Krul, do Newcastle, da Inglaterra.
Van Marwijk disse que o duelo deste sábado não terá a cara de um amistoso, devido ao sentimento de revanche do Brasil. Por isso, o comandante da seleção holandesa apostou na escalação de um time titular ofensivo.
O único problema é que Marwijk não sabe se poderá contar com o meia Dirk Kuyt, que se recupera de uma contusão. A dupla de ataque deverá ser formada por Klaas-Jan Huntelaar e Robin van Persie, que terão o apoio de Arjen Robben.
Prováveis escalações:
Brasil: Julio César; Daniel Alves, Lúcio, Thiago Silva e André Santos; Lucas Leiva, Ramires, Elias e Jadson (ou Anderson); Robinho e Neymar. Técnico: Mano Menezes.
Holanda: Tim Krul; Gregory van der Wiel, John Heitinga, Joris Mathijsen e Erik Pieters; Kevin Strootman, Hedwiges Maduro, Arjen Robben, Dirk Kuyt (ou Ibrahim Afellay); Klaas-Jan Huntelaar e Robin van Persie. Técnico: Bert van Marwijk.
Arbitragem: Carlos Amarilla (Paraguai), auxiliado por seus compatriotas Rodney Aquino e Cesar Franco.
Fonte: Agência EFE
▲ Ir para Topo