Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Preço dos alimentos não permite melhorias para famílias mais pobres.

Salário mínimo subiu mais que inflação, mas não significa poder de compra.
Famílias pobres gastam 1/3 do salário com alimentação.

           

Segundo dados divulgados pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), as famílias mais pobres gastam, em média, 1/3 do salário com alimentação. Nos últimos cinco anos, o preço dos alimentos subiu 30%.
O salário mínimo passou de R$ 350, em 2006, para R$ 545 reais. A cesta básica que custava R$ 161 em março daquele ano, hoje custa aproximadamente R$ 248. Mesmo assim, ainda não é o suficiente para essas famílias respirarem aliviadas. A inflação é crescente também na habitação, nos artigos para casa, nas roupas e no transporte.
g1.globo

▲ Ir para Topo