Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Dilma visita com Mujica sede de projeto de TV digital em Montevidéu.

Montevidéu - A presidente Dilma Rousseff visitou nesta segunda-feira com o governante uruguaio, José Mujica, a sede de um projeto de cooperação entre os dois países de televisão digital, poucos minutos após aterrissar em Montevidéu em uma breve visita ao Uruguai.
Dilma chegou por volta do meio-dia à capital uruguaia e foi diretamente às instalações do Laboratório Tecnológico do Uruguai (Latu), o principal centro de desenvolvimento tecnológico do país, onde foi recebida por Mujica.

Juntos inauguraram o laboratório de TV digital criado no Centro de Desenvolvimento do Conhecimento do Latu para capacitar funcionários e trocar informações sobre o tema.
O laboratório, onde serão feitas tarefas de medição, interatividade e conteúdos, conta com equipamentos técnicos doados pelo Brasil avaliados em US$ 600 mil, indicou à imprensa antes o assessor da direção nacional de telecomunicações do Ministério da Indústria uruguaio, Luis Ferrari.

Em dezembro, o Governo do Uruguai, presidido por Mujica desde 1º de março de 2010, decidiu adotar o Sistema Brasileiro de Televisão Digital (ISDB-T) apesar do governante anterior, Tabaré Vázquez (2005-2010), ter optado originalmente pelo sistema europeu (DVB-T).
Mujica justificou essa decisão, que foi lamentada pela União Europeia, por razões "geopolíticas", já que o Uruguai pertence ao Mercosul, o bloco econômico regional formado por Argentina, Brasil e Paraguai.

Ferrari, que integrou uma comissão do Ministério de Indústria que elaborou um relatório para o Executivo no qual ressaltou as virtudes técnicas de dois padrões, acrescentou nesta segunda-feira que a escolha uruguaia levou em consideração a América Latina em geral, com a exceção da Colômbia, optou pelo sistema japonês-brasileiro.

Segundo o analista, o blecaute analógico em seu país está previsto para acabar em 2015 e antes  do fim deste ano começarão as mudanças tecnológicas em Montevidéu e na região metropolitana, onde vive metade dos 3,3 milhões de uruguaios, para tornar possível a transmissão televisiva por essa nova via.

Mujica e Dilma, que faz sua primeira visita ao Uruguai desde que assumiu a Presidência no começo do ano, se deslocarão depois do ato ao Ministério das Relações Exteriores uruguaio, onde terão encontro privado para analisar as relações entre os dois países e o andamento do Mercosul.

Em um encontro paralelo, os ministros de diferentes pastas dos dois países analisarão temas técnicos e de cooperação. Ao fim da reunião, os governantes assistirão à assinatura de acordos de cooperação científica, fomento de integração das comunicações, temas de fronteira e transportes.

Posteriormente, os dois concederão uma entrevista coletiva à imprensa antes de almoçarem juntos e Dilma retornar ao Brasil no meio da tarde. O Brasil é o principal parceiro comercial do Uruguai. Em 2010, a troca comercial superou os US$ 3 bilhões, 19% mais do que em 2009, com superávit para o Uruguai de US$ 43 milhões.
Fonte: Agência EFE
▲ Ir para Topo