Pesquise aqui.

A maior velocidade!

Boa notícia. Dilma telefona para Eduardo e fecha parceria para construir barragens.

             

As cinco barragens que vão livrar a população da zona da mata sul de Pernambuco do drama das enchentes vão ser construídas em parceria pelos governos estadual e federal.
O anúncio foi feto às 20h50 desta quinta-feira (05/05) pelo governador Eduardo Campos, depois de conversar com a presidenta Dilma Roussef e combinar a partilha dos investimentos meio a meio entre os dois governos.
“A presidenta telefonou e garantiu cerca R$ de 320 milhões que correspondem a 50% do custo das obras e da desapropriação. Nos entraremos com a outra metade. È muito importante que a presidenta tenha mostrado seu compromisso com Pernambuco na hora que estamos precisando”, afirmou Eduardo.
A conversa telefônica do governador com a presidenta durou cerca de 28 minutos.
Dilma ouviu atentamente as explicações de Eduardo e se mostrou solidária com o sofrimento dos pernambucanos. 
“Vamos trabalhar juntos reduzir os riscos de que isso volte a acontecer”, frisou.
As barragens que serão construídas já tiveram parte significativa dos trabalhos prévios adiantados pelo governo do estado. Foi feita a topografia para identificar a localização precisa e elaborados os projetos de engenharia para construtução.
Duas delas terão processo licitatórtio iniciado em junho. As outras três serão contratadas em licitações abertas em novembro.
“Todo o planejamento está concluído e temos condições de ter duas barragens construídas antes do próximo inverno e as outras três no primeiro semestre de 2013”, disse Eduardo à presidenta. 
Veja a relação das barragens
1. Barragem Panelas 2 – Com capacidade para acumular 17 milhões de m³, será construída no Rio Panelas, afluente do Una, no trecho que corta o município de Cupira. Custo estimado de R$ 35 Milhões
2. Barragem Gatos – No município de Lagoa dos Gatos, custará R$ 15 milhões. Será construída no Riacho dos Gatos, um afluente do Rio Panelas, que deságua no Piranji, tributário do Una. A capacidade de acumulação é de 6,3 milhões de m³
3. Barragem Serro Azul – É a maior e a mais cara das 5 obras previstas. Poderá acumular 380 milhões de m³ de água e custará R$ 480 milhões. Ficará no Rio Una em Palmares
4. Barragem Igarapeba – Será construída no Rio Piranji, afluente o Una, com custo estimado em R$ 46 milhões . A capacidade de acumulação é 42,5 milhões de m³. O município é São Benedito do Sul
5. Barragem de Barra de Guabiraba – No município de Barra de Guabiraba, construída a montante do município, custando R$ 30 milhões. A capacidade de acumulação é 16 milhões de m³.
 http://www.akiagora.com/
jc3.uol

▲ Ir para Topo